'Lenda do Tesouro Perdido' lidera bilheterias no Natal nos EUA

O filme de aventura "A Lendado Tesouro Perdido: Livro dos Segredos", com Nicolas Cage,arrecadou 65 milhões de dólares nos cinco dias seguintes ao desua estréia na América do Norte, afirmou a Walt Disney Picturesna terça-feira. A cifra inclui o total obtido com a venda de ingressos nosprimeiros quatro dias de exibição do filme, que estreou nasexta-feira, e a estimativa para o dia do Natal. Os númerosdefinitivos devem ser divulgados na quarta-feira. No dia 24 de dezembro, o filme também faturou 27,5 milhõesde dólares em 17 mercados de fora dos EUA, a maior parte deleslocalizados na Ásia. A bastante criticada sequência do sucesso"A Lenda do Tesouro Perdido" leva o caçador de tesourosinterpretado por Cage a viajar pelo mundo tentando resolver ummistério envolvendo o assassinato de Abraham Lincoln. O thriller de ficção científica com Will Smith "Eu Sou aLenda" ficou em segundo lugar nesses cinco dias, com 47,5milhões de dólares, faturando em 12 dias 150,8 milhões, afirmoua Warner Bros. Pictures. Devido ao feriado, os dados sobre vários filmes são aindaincompletos. A Twentieth Century Fox arrecadou um total de 32,8 milhõesde dólares com seu surpreendente "Alvin e os Esquilos,"afirmando ser impossível realizar uma estimativa para o Dia doNatal. Depois de 11 dias, o filme infantil faturou 88,7 milhõesde dólares. A produção "Charlie Wilson's War" (a guerra de CharlieWilson) arrecadou 14,75 milhões de dólares, e o musical"Sweeney Todd", com Johnny Depp, 12,75 milhões, nos últimoscinco dias. Os estúdios responsáveis pelos filmes, a UniversalPictures e a DreamWorks Pictures, respectivamente, avisaram queas estimativas sobre o dia do Natal seriam provavelmenterevistas. O desempenho nas bilheterias de "Charlie Wilson", umaprodução bem cuidada com Tom Hanks e Julia Roberts, em cartazem duas vezes mais cinemas do que "Sweeney Todd", ainda está emaberto. A seguir na lista das maiores arrecadações está "P.S. ILove You" (P.S. eu te amo), que faturou 9,1 milhões de dólaresem seus primeiros cinco dias de exibição. Depois de um fim desemana fraco, a Warner Bros. afirmou ter esperanças de que umnúmero maior de mulheres compareça aos cinemas para ver omelodrama com Hilary Swank agora que o Natal já ficou paratrás. A sátira de musical "Walk Hard: The Dewey Cox Story" (duracaminhada: a história de Dewey Cox) arrecadou 4,7 milhões dedólares em quatro dias. A Columbia Pictures, distribuidora dofilme, afirmou não possuir uma estimativa sobre o faturamentodo filme, que desapontou nas bilheterias, no dia do Natal. (Reportagem de Dean Goodman)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.