Lélia Abramo faz 90 anos

A atriz Lélia Abramo completa nessa quinta-feira, 90 anos. Ela é a quinta filha do casal de imigrantes italianos Afra Yole Scarmagnan e Vincenzo Abramo, ambos de sólida formação cultural, cuidadosamente transmitida aos sete filhos, entre eles o gravurista Lívio Abramo, o crítico e diretor teatral Athos Abramo e o jornalista Cláudio Abramo. O nome de Lélia foi tirado do romance homônimo da escritora George Sand, por quem sua mãe tinha admiração.Em sua autobiografia, a atriz relembra os concertos, exposições, peças e saraus literários freqüentados por toda a família. "Meus pais eram europeus, para eles a cultura não era privilégio da elite, mas direito do povo." Seu pai era engenheiro minerologista e Lélia passou a infância num confortável casarão no bairro do Ipiranga, em São Paulo.A má fé de um sócio e alguns empreendimentos fracassados porém, levaram Vicenzo à falência, e aos 21 anos, ela foi trabalhar no escritório de uma fábrica. Começou ali sua militância política. O trabalho seguinte foi no Sindicato dos Comerciários, de onde também foi expulsa, em 1937, por criticar duramente a política trabalhista do governo Vargas. Viajou para a Itália, mas foi tragada pelo redemoinho da guerra e só voltaria 12 anos depois. Em 1950, Lélia volta ao Brasil. Em São Paulo, o teatro está em pleno renascimento. O Teatro Brasileiro de Comédia havia sido criado em 1948. Atenta ao que acontecia, Lélia funda com os irmãos um grupo de amadores que encena peças em italiano. Seu talento chamou a atenção do diretor José Renato, do Arena, que convidou-a para interpretar o papel de Romana, na peça Eles Não Usam Black-Tie, de Gianfrancesco Guarnieri.Assim, Lélia Abramo estreou no teatro profissional, aos 47 anos de idade, com o pé direito, ganhando no Rio e em São Paulo, cinco prêmios dos mais importantes da época, entre eles o Saci. A partir daí, começa uma carreira em que acumulou aplausos e premiações, atuando em 23 peças, 14 filmes, 27 novelas, 21 especiais de TV, sem contar a participação em mais de 40 teleteatros.

Agencia Estado,

07 de fevereiro de 2001 | 16h25

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.