Leitura de trechos reveza com imagens

Uma homenagem semelhante à que ocorre hoje no Sesc Vila Mariana foi organizada na Espanha, logo depois da morte de Saramago, em junho. Mas a versão nacional receberá um tratamento especial e muito carinhoso da diretora Daniela Thomas.

Entrevista com

Ubiratan Brasil, O Estado de S.Paulo

22 de setembro de 2010 | 00h00

A presença feminina, por exemplo, será determinante - o evento se inicia com uma leitura feita por Pilar Del Río e, em seguida, as atrizes Bete Coelho, Denise Weinberg e Lígia Cortez se revezam em importantes papéis femininos dos romances Memorial do Convento e Ensaio Sobre a Cegueira. Em seguida, Chico Buarque vai ler um trecho de O Ano da Morte de Ricardo Reis.

"Durante as leituras, serão projetados esses textos para que o público compare o seu ritmo com o do artista que estiver lendo", comenta Daniela.

Ela também selecionou trechos do documentário José e Pilar, de Miguel Gonçalves Mendes, que serão intercalados com os trechos lidos. "São momentos em que Saramago fala de morte, violência, literatura, enfim, que ajudam a compor seu perfil", comenta a diretora, que selecionou os trechos do filme. "Eu já conhecia sua obra, mas, com esse trabalho, aprofundei e fiquei ainda mais encantada."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.