Leilão no Rio terá Di Cavalcanti

O Leilão da Bolsa de Arte do Rio de Janeiro que começa nesta terça-feira, às 21 horas, no Hotel Copacabana Palace, terá como estrela principal a pintura moderna brasileira. O lote de 170 obras inclui óleos de Emiliano Di Cavalcanti, Alberto da Veiga Guignard, Milton Dacosta e pinturas das décadas de 30, 40 e 50 de Cícero Dias. O leilão estará dividido em quatro segmentos: século 19 e início do século 20; pintura moderna; abstratos e geométricos; e desenhos, gravuras e esculturas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.