Leilão de ilustração de Beatrix Potter bate recorde em Londres

Aquarela, nunca vista anteriormente, que mostra um grupo de coelhos foi vendida por cerca de R$ 927,4 mil

Ansa,

18 de julho de 2008 | 13h12

Uma aquarela nunca vista anteriormente da escritora e ilustradora infantil britânica Beatrix Potter (1866-1943) foi leiloada em Londres por cerca de US$ 580 mil (cerca de R$ 927,4 mil), recorde mundial para uma ilustração de livro. Foto: Reuters A obra, que mostra um grupo de coelhos saindo de uma festa de Natal, pertencia a uma série de três ilustrações criadas por Beatrix em 1892. O desenho foi vendido na noite de quinta-feira, 17, a um colecionador particular pela casa Sotheby's de Londres por cinco vezes seu preço inicial. A primeira ilustração da série, que mostra cinco coelhos vestidos com capas para chuva, foi vendida por US$ 240 mil (cerca de R$ 383,7 mil), e havia sido presenteada originalmente por Beatrix a sua tia Lucy, esposa do químico inglês Henry Roscoe. O terceiro desenho, que mostra personagens dançando, foi vendida por US$ 45 mil (R$ 71,9 mil). As aquarelas fazem parte de um lote de ilustrações, cartões de Natal e cartas particulares de Beatrix vendidas por um total de US$ 1,5 milhões (R$ 2,3 milhões). A ilustradora realizou essas obras nove anos antes de criar, em 1901, seu livro O Conto de Peter Rabbit, que continua sendo a obra infantil mais vendida no mundo, com mais de 80 milhões de exemplares em circulação.

Tudo o que sabemos sobre:
Beatrix Potter

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.