Leilão de Damien Hirst em Londres começa com recordes

O touro de Damien Hirst num tanque deformol e com a cabeça coroada por um disco de ouro foiarrematado por 10,35 milhões de libras (18,6 milhões dedólares) na segunda-feira, um recorde em leilões de um dosmaiores nomes do mundo da arte contemporânea, informou a casaSotheby's. O artista plástico de 43 anos causou espanto no mundo dasartes quando anunciou que 223 obras novas suas seriam leiloadaspela Sotheby's em Londres, no primeiro leilão de massa dessetipo de um artista de renome. As obras oferecidas no leilão de dois dias, intitulado"Beautiful Inside My Head Forever" (Lindo em Minha Cabeça paraSempre), foram criadas nos últimos dois anos, e a expectativa éque rendam mais de 65 milhões de libras. Elas incluem os animais conservados em formol que são amarca registrada de Hirst, pinturas de borboletas e de pontos,variações sobre armários de comprimidos e desenhospreparatórios. O preço pelo qual foi arrematado "O Bezerro de Ouro", otouro cujos cascos e chifres também são moldados em ouro 18quilates, estava dentro do valor estimado antes do leilão, de 8a 12 milhões de libras. Mas várias das primeiras obras que foram arrematadas nasegunda ultrapassaram em muito seu valor estimado. TUBARÃO "The Kingdom" (O Reino), um tubarão suspenso num tanque deformol, foi vendido por 9,56 milhões de libras, muito acima daestimativa de entre 4 e 6 milhões. "Afterlife", uma pintura deborboleta, foi arrematada por 1,39 milhões de libras, o dobroda estimativa prévia de entre 500 mil e 700 mil libras. O recorde anterior de Damien Hirst em leilões foi seuarmário de comprimidos "Lullaby Spring" (Primavera de Canção deNinar), vendido por 9,65 milhões de libras em 2007. Hirst nunca hesitou em misturar criatividade com dinheiro,ignorando as acusações de que produz apenas pelo lucro. Ao levar suas obras diretamente para a casa de leilões, eleeliminou a comissão normalmente recebida pelas galerias dearte, que, segundo ele, é extorsiva, podendo chegar a 50 porcento. Ele argumentou que, se o leilão levantar dezenas de milhõesde libras, num momento em que o mercado de arte está em altaapesar do desaquecimento do resto da economia, isso pode atrairmais pessoas para a arte. Hirst também vem sendo desancado por alguns críticosimportantes, entre eles o australiano Robert Hughes, que tachousua arte de "cafona" e "absurda". O leilão coincide com o 20 aniversário da exposição Freeze,em Londres, que lançou a carreira de Hirst e alguns de seuscolegas do grupo dos "jovens artistas britânicos".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.