Leif Garrett é preso por posse de heroína

O ex-ídolo adolescente Leif Garrett foi libertado sob pagamento de fiança nesta quarta-feira, depois de ser preso e autuado por posse de heroína pela polícia, que o viu com "agitação e sudorese" em uma estação do metrô, afirmou um porta-voz da polícia.

REUTERS

03 Fevereiro 2010 | 19h56

Garrett, um ator infantil dos anos 1970 e cantor de vários sucessos da era disco, entre eles "I Was Made for Dancing", foi preso na segunda-feira quando a polícia o abordou em uma estação do metrô em Los Angeles porque ele mostrava "sintomas" de dependência de drogas, como "agitação e sudorese", disse o porta-voz Steve Whitmore.

Os agentes revistaram Garrett e encontram heroína, afirmou Whitmore. O ator deve comparecer ao tribunal em 24 de fevereiro.

Uma porta-voz do artista não respondeu às ligações para comentar o caso.

Garrett, de 48 anos, lutou contra o uso de drogas por anos, e em 2006 foi preso por posse de heroína e condenado a 90 dias de prisão depois de abandonar um tratamento.

Nos anos 1970, ele interpretou músicas como "Surfin' U.S.A." e "The Wanderer", e foi estampado regularmente em capas de revistas adolescentes como Tiger Beat.

Em 1998, parte de suas músicas foi compilada e lançada em um novo álbum, "The Leif Garrett Collection". Mais recentemente, ele teve um papel de coadjuvante no filme "Popstar", de 2005, como um faxineiro.

(Reportagem de Alex Dobuzinskis)

Mais conteúdo sobre:
GENTE GARRETT PRESO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.