Leia trecho de 'Semíramis', de Ana Miranda

A escritora Ana Miranda lança Semíramis, romance em que se aproxima de José de Alencar. Leia o trecho inicial da obra a seguir:

O Estado de S. Paulo

14 de março de 2014 | 19h09

"O Alagadiço Novo era o outro lado do mundo, o que de mais eu podia almejar em termos de léguas. Ia ser a minha primeira viagem, no rumo da família Alencar, tão prezada por meu avô que não prezava a ninguém com tanto respeito. Vovô tratava-me como a um neto rapaz, permitia que eu escutasse as conversas governativas, andasse a cavalo em passeios solitários, jogasse bilhar, fumasse de seu cachimbo e assistisse às sessões da Câmara na sala livre. Jamais me deitava olhos de censura. Ele mandou vir do sítio cavalos e mulas e contratou um guia, assim na vila do Crato ficaram sabendo de nossa ida ao Alagadiço. Saiu no jornal O Araripe uma nota reprovando a ausência do vereador. A sala era livre, mas a vida, nem tanto. O rastilho se acendeu de casa em casa. Senhores se juntavam nas rodas de conversa, às mesas de bilhar, nas esquinas, a considerar nossa viagem. Senhoras nas esteiras de suas salas faziam perguntas, outras desciam das redes e se descruzavam para vir à nossa casa em visitas "casuais". (...)"

Notícias relacionadas
    Tudo o que sabemos sobre:
    LiteraturaAna MirandaJosé de Alencar

    Encontrou algum erro? Entre em contato

    Tendências:

    O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.