Leia trecho da peça <i>O Continente Negro</i>

Leia um trecho da peça O Continente Negro, do dramaturgo chileno Marco Antonio de La Parra, que é considerado um dos expoentes da nova dramaturgia latino-americana. Fragmento da cena do reencontro entre um homem (interpretado por Ângelo Antônio) e sua ex-mulher (Yara de Novaes), que o abandonou assim como os seus dois filhos. Marcelo: Para que me chamou? Natália: Tem de haver uma razão, não é? São tantas coisas. Na clínica, agora, a última vez, pensei muito em você, sabia? Quando estudávamos, quando fugíamos das aulas... É bom ter memórias, alguma coisa pelo menos, histórias que não vamos esquecer nunca. Lembrei muito de você. Era tão forte, será que você lembra, era extraordinário, não era? (com ternura dissonante) Já fez amor como fazia comigo? Aposto que não. À noite, na praia, a lua era como um sol grande. Soube depois que ia ficar grávida. (pausa) O que aconteceu? Marcelo: Você foi embora, Natália. Natália: Sim, sim, eu sei. Que maluca. Contei para o Patrício... Ele não acreditou. Não sei... Pensei que estava apaixonada. Era tudo tão... Tão forte... O de Boris... Uf... Eu era tão jovem... Também estava confusa, lembra? Patrício disse que eu estava confusa, que eu acreditava que desejo e realidade eram uma coisa só, você entende? Marcelo: Quem é Patrício? Natália: Meu médico. O vejo três vezes por semana. Marcelo: Quem paga? Natália: Darei um jeito. Deus ajuda. Até para você poderia ser bom ir de vez em quando. Por que nunca mais fez teatro, Marcelo? É muito bom. Marcelo: É de dinheiro que você precisa, Natália? Natália: Não, nunca precisei de dinheiro. Isso você sabe. Nunca me interessei por dinheiro. Não mudei. Preciso de outra coisa. Outra coisa, muito diferente: amor, Marcelo. A-mo-r. Estou tão confusa. (pausa) Você vai pensar que é besteira, mas eu não consigo te esquecer. (pausa) Bom, foi Patrício quem me disse. Tudo era para te esquecer. Tudo. (pausa) Mas agora é diferente. A única coisa que eu quero agora é ficar em casa, ter uma família. Nada de passeios incríveis, viagens, fotos. Quero tomar café-da-manhã, almoçar junto, ver TV. Você tinha razão. Eu estava perdida. Eu... Sabe que me chamaram do canal?

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.