Leia a crônica Pingucinha

Leia a crônica Pingucinha, que esta no novo livro de contos e crônicas do escritor Marcelo Rubens Paiva O Homem Que Conhecia as Mulheres, que será lançado domingo, no bar e restaurante Spot.Você chega no Bar da Dida, Genésio, Filial, São Cristóvão, Baixo Gávea, Bar Lagoa, e lá está ela, a pinguça, geralmente com amigos, geralmente amiga de todos, bonitinha, descolada, independente, que mora sozinha em Pinheiros e hospeda um amigo hétero e duro do interior. Pingucinha gosta de Amarelo Manga, Baile Perfumado, Beto Brant, é amiga do jornalista Xico Sá; tem sonhos eróticos com ele. Usa camiseta apertada que exibe a barriguinha e a alça do sutiã. E jeans. Fez movimento estudantil, até ficou com o presidente do DA, freqüentou o Fórum Social de Porto Alegre, fez direito, abandonou, fez cinema, trancou. Trabalha como divulgadora de uma editora. E bebe pinga, fica sempre no bar diante de um chope e uma pinguinha mineira, janta aquele churrasquinho com queijo no capricho, é amiga dos garçons, que a chamam pelo nome, e está no Orkut na comunidade que homenageia o bar preferido. É sempre paquerada. Porque parece tão arrojada e dona de si. Porque é tão diferente, inteligente e sexy. Tem um bom papo. Mas nunca fica com amigos ou conhecidos ou próximos. Tem um misterioso namorado cineasta em Recife, que ninguém nunca viu, ou que talvez nem exista. Ela vai muito ao Rio pra dançar na Lapa. Dificil- mente vai à praia; acorda tarde demais. Fuma Marlboro vermelho; nem pensa em largar. Vai se casar só na próxima década. Detesta a chefe, incompetente e burra! Adora as peças do Sesc e os livros do Nick Hornby e Paul Auster. Dançou e bebeu na última Parada Gay; vai a todas. Mas depois foi assistir a um filme no Espaço Unibanco; ficou pela Paulista mesmo. Ouviu falar que inaugurou a nova loja Daslu, mas nem sabe direito onde fica. Vota na Erundina, porque o PT traiu os princípios socialistas. E nem sabe ainda, mas tem Hepatite C. Porque transa com todo mundo sem camisinha. O fígado dela está pra explodir. Nem sabe ainda, mas sua vida vai virar um inferno. E ela vai ter que parar de fumar. E de beber.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.