Imagem Cristina Padiglione
Colunista
Cristina Padiglione
Conteúdo Exclusivo para Assinante

Lei e nova mostra do Ibope dão melhor posição à RecordNews

A mostra do Ibope que baliza audiência de TV ganhou mais precisão há poucos meses, desde que o instituto passou a mensurar a audiência da TV por assinatura nas mesmas 15 regiões onde mede TV aberta. Com isso, um novo relatório, somando TV paga e aberta, tem sido distribuído aos clientes - mercado publicitário e emissoras -, dando à RecordNews condições de pleitear mais atenção de anunciantes.

Cristina Padiglione, O Estado de S.Paulo

09 de agosto de 2014 | 02h05

Pelas contas consolidadas pelo Ibope em julho, o canal de notícias de Edir Macedo alcança, em média, 34 mil domicílios por dia, entre 7 h e 0 h, somando os dados de TV aberta e paga. Isso a coloca na frente da GloboNews, um canal exclusivamente pago, que chega a 27 mil lares. Há quem aposte que os 27 mil da GloboNews formem uma plateia mais qualificada que os 34 mil da RecordNews, sob o argumento de que uma concentra público de maior poder aquisitivo que a outra, gente que paga para ver. Se contasse só com a distribuição de TV paga, afinal, a RecordNews teria de se contentar com apenas 9 mil lares, um terço do que tem a GloboNews.

Ainda assim, o canal da Record supera o canal de notícias da Band, que também é distribuído só por TV fechada e alcança mil domicílios a menos que a RecordNews: 8 mil lares. Relegada a pacotes menos acessíveis pela NET, a RecordNews tem distribuição inferior à GloboNews na TV paga, mas acabou sendo beneficiada pela nova lei do setor, que obriga operadoras de DTH - as de sinal de antena do tipo pizza, como a Sky - a carregar canais abertos com mais de 66% de alcance nacional. 

Tributo. Em homenagem ao Dia dos Pais, aí vai uma imagem doce de Jonas Bloch, obra de seu acervo pessoal, ao lado das então pequenas Débora e Deni. Já na ficção de Vitória, novela da Record, ele chama Rafaela Mandelli de filha e não é lá flor que se cheire.

Da Copacabana
de hoje à São Paulo dos anos 70, a escola desativada no Alto da Boa Vista que serviu como cenário para a série Copa Hotel agora é ocupada pelas gravações de Magnífica 70, produção da Conspiração para a HBO, sobre a boca do lixo.

Magnífica 70, série original da HBO no Brasil, tem direção de Cláudio Torres, com Maria Luiza Mendonça, Simone Spoladore, Paulo César Pereio, Marcos Winter, Joana Fomm, André Frateschi e Stepan Nercessian, entre outros.

Didi Wagner lança a 4ª edição do guia Minha Nova York, com textos novos sobre o Storm King Art Center (museu a céu aberto ao norte de Nova York), Sleep No More (peça interativa) e mais endereços de galerias de arte e restaurantes.

Enquanto estiver no ar pela nova temporada do Vai que Cola - que estreia dia 1º, no Multishow, com edição realizada ao vivo -, Marcelo Médici estará também em cartaz com seu novo espetáculo: spin-off do Cada Um Com Seus Pobrema, a peça Cada Dois Com Seus Pobrema estreia dia 10, no Teatro Frei Caneca, estrelado por ele e Ricardo Rathsam, que dirigiu o título original.

Tudo o que sabemos sobre:
Cristina Padiglione

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.