Lei da TV paga dá sinais de congelamento

Desde o início do ano em discussão, a regulamentação da lei 12.485, que prevê cotas de produção nacional na TV paga, não mostra sinais de entrar em vigor. Enquanto canais pagos fazem planos com produtoras independentes brasileiras para dar conta do que vem aí, a Ancine, responsável pela execução e supervisão da lei, mantém o mesmo ritmo que já gerava queixas dos executivos de TV no ano passado: falta agilidade no trâmite de projetos encaminhados ao órgão. No dia 4, profissionais do ramo prometem lotar o Centro de Convenções Frei Caneca para a abertura, reservada à Ancine, do Fórum Brasil de Televisão 2012, evento promovido anualmente pela Converge.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.