Laudo oficial sobre morte de ator deve sair na segunda

Douglas Barcellos foi encontrado morto na cidade de Cascais, em Portugal, na última semana

do estadao.com.br

28 de dezembro de 2008 | 19h33

O laudo oficial que poderá esclarecer a causa da morte do modelo e ator brasileiro Douglas Barcellos, de 33 anos, deverá ser divulgado nesta segunda-feira, disse ontem o irmão do ator, o fotógrafo Leandro, de 36 anos. Douglas foi encontrado morto em Cascais, a poucos quilômetros de Lisboa, em Portugal, na semana passada.   Veja também: Imagens de Douglas Barcellos no YouTube  Ator e modelo brasileiro é encontrado morto em Portugal   "A investigação está com a polícia e o laudo deve ser divulgado amanhã (hoje). O que a família mais quer agora é conseguir meios para trazer o corpo de volta para o Brasil. Dependemos da ajuda de terceiros", declarou o irmão. Ele disse que a família está preocupada com "informações veiculadas na imprensa por oportunistas e fontes não confiáveis". Segundo Leandro, o consulado brasileiro em Portugal foi procurado, mas informou que não há previsão legal de verba para trazer o corpo.   Leandro não soube dizer de que filmagem o irmão participara em Portugal, mas afirmou que a produção se dispôs a ajudar. Ele conta que a família, que mora na Ilha do Governador, na zona norte do Rio, esperava a chegada de Douglas no dia 26. "Era uma pessoa extremamente correta, que trabalhava no exterior há anos, de forma legal. Meu irmão sempre foi muito determinado. Ele estava contente com a carreira."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.