Sebastião Moreira/EFE
Sebastião Moreira/EFE

Larissa Riquelme diz que ficará definitivamente no Brasil

'Escolhi o Brasil', disse no lançamento da revista 'Playboy' da qual é a garota da capa

EFE,

08 de setembro de 2010 | 17h53

A modelo paraguaia Larissa Riquelme, que ficou famosa por mostrar seus atributos físicos enquanto apoiava a seleção de seu país na Copa do Mundo da África do Sul, anunciou nesta quarta-feira, 8, que vai se estabelecer "definitivamente" no Brasil, onde continuará sua carreira.

 

"Penso em viver no Brasil. Escolhi o Brasil e quero vir definitivamente em uma semana", declarou a musa do Mundial durante entrevista coletiva em São Paulo por ocasião do lançamento da mais recente edição brasileira da revista masculina "Playboy", na qual suas fotos sensuais aparecem em terceira dimensão.

 

Larissa, de 25 anos, agradeceu à "Playboy" por escolhê-la para o ensaio de capa de sua primeira edição em 3D.

 

"É uma oportunidade que o Brasil me deu, de fazer história no país", apontou a modelo. Segundo ela, aparecer em seu primeiro ensaio totalmente nua em uma publicação estrangeira provocará descontentamento em seu país.

 

"As pessoas no Paraguai vão ficar muito enciumadas porque posei totalmente nua para a 'Playboy'. É um descontentamento que não tem nada a ver com as guerras do passado (entre os dois países, no século XIX). No Paraguai, não temos nenhum rancor, e agora o agradecimento ao Brasil é muito grande", comentou.

 

Para a modelo, posar ao mesmo tempo para duas câmeras e ser fotografada totalmente nua pela primeira vez "foi o mais difícil" de sua experiência com as fotografias em terceira dimensão.

 

O ensaio fotográfico, que começou a circular nesta quarta-feira no Brasil, foi realizado no estádio Arena Barueri, na região metropolitana de São Paulo.

 

"No estádio havia uns 200 empregados, que estavam pintando, e todos queriam me ver. Não foi fácil", ressaltou.

 

A modelo descartou que, com sua mudança para o Brasil, pense em realizar alguma cirurgia estética.

 

"Estou muito satisfeita com o meu corpo. Se tenho implantes (de silicone) e cirurgias ou não, como disseram por inveja no Paraguai, deixo para a imaginação dos jornalistas", disse.

 

Ao comentar a sua ascensão depois da Copa, Larissa afirmou: "Estou mais próxima das pessoas. Minha vida mudou 100% e o que mais me alegra é o reconhecimento das pessoas e a forma como cada fã o expressa".

 

"O galanteio em português é muito sexy e o paraguaio, em guarani, mais ousado", acrescentou a modelo, que esteve em São Paulo acompanhada do namorado, Koke Oneto, modelo e estilista paraguaio.

 

"Casar e ter filhos estão nos meus planos, mas não neste momento. Quero muitos filhos, uns quatro", revelou a modelo.

 

Depois do lançamento da revista em 3D no Brasil, Larissa tem na agenda uma série de compromissos profissionais no México, Peru, Panamá, Costa Rica, Japão e China, onde será modelo de uma marca de tecnologia.

 

Tudo o que sabemos sobre:
Larissa Riquelme

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.