Lançamentos marcam o 'Ano Machado de Assis'

No final de Memória Póstumas de Brás Cubas, Machado de Assis escreve que seu personagem não teve filhos e, por isso, não teria transmitido a nenhuma criatura o legado da nossa miséria. Pode ser, mas o talento de Machado não deixou que ele seguisse o mesmo caminho de Brás Cubas. O seu legado está aí para quem quiser ler - e neste ano vai ficar mais fácil conferir o que o maior escritor brasileiro deixou de herança para a nossa literatura. No dia 19 de setembro do ano passado, foi publicada no Diário Oficial da União a Lei 11.522, que fez de 2008 o ?Ano Nacional Machado de Assis?. A lei refere-se ao centenário da morte do escritor. As editoras já se prepararam para a febre machadiana e lançam (ou relançam) uma série de títulos, do próprio autor e sobre o autor. No ?pacote Machado de Assis?, além das obras já conhecidas (Memórias Póstumas de Brás Cubas, Quincas Borba e Dom Casmurro), o leitor vai encontrar poesias, teatro - que pouca gente sabe que ele escreveu -, almanaques, teses e muito mais. Opções Toda Poesia de Machado de Assis traz centenas de poemas do escritor que foram originalmente publicados em jornais e revistas. Já Almanaque Machado de Assis - Vida, Obra, Curiosidades e Bruxarias Literárias é um guia para iniciados ou iniciantes no universo machadiano. Em versão HQ, Literatura Brasileira em Quadrinhos - O Alienista pode ajudar a despertar o interesse de crianças e adolescentes para a literatura. O lado dramaturgo do escritor pode ser conferido em Teatro de Machado de Assis. Nessa área, ele foi, essencialmente, um autor de comédias (todas reunidas nesse livro). Histórias da meia-noite é uma compilação de contos publicados em 1873 com a ganância como tema principal. Em 1884, Histórias Sem Data reúne 18 contos do autor em textos que desmascaram a sociedade e mostram a hipocrisia humana. E, para iniciantes, Vida e Obra de Machado de Assis é uma biografia escrita por R. Magalhães Junior. Os quatro volumes que compõe a obra (?Aprendizado?, ?Ascensão?, ?Maturidade? e ?Apogeu?) estão sendo aguardados ansiosamente tanto pelos aficionados pela obra de Machado quanto por iniciantes, já que o livro conta a história do escritor de forma bastante didática. As informações são do Jornal da Tarde.

AE, Agencia Estado

22 Janeiro 2008 | 09h16

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.