Lançado hoje terceiro número de "Teresa"

Será lançado hoje o número 3 da revista de literatura brasileira Teresa, publicada pela USP e pela Editora 34, no bar Canto Madalena, a partir das 17h30 horas.Os editores de Teresa acertaram na escolha do autor de Invenção de Orfeu, Jorge de Lima, como tema de seu dossiê. O autor, embora reconhecido como um dos principais escritores do modernismo, ainda está à espera de desbravamentos. E será lembrado novamente em novembro, no cinqüentenário da morte do artista plástico, romancista e médico alagoano Jorge de Lima, mais conhecido como poeta. De acordo com o editorial, nesse momento de consolidação, percebeu-se que o dossiê era a "espinha dorsal" da revista. Corretamente, pois aí os leitores, estudantes, professores ou não, encontram material extensivo sobre o autor escolhido, para uso imediato nos cursos ou para aprofundar o conhecimento na área. Uma idéia de Jorge de Lima sobre a função da poesia, expressa no prefácio de Aventuras de Malasarte, de 1942 é reproduzido por Teresa: "A poesia ainda é força fraca que se levanta para purificar o ambiente onde a ferocidade do homem instala a tirania e a opressão; ainda é um meio de o homem ultrapassar os seus limites e de os dilatar com as perspectivas de um universo maior, ainda é uma força neutralizante contra o espírito de retórica e de desilusões sobrevindas ao fracasso das humanas reformas sociais. A poesia ainda desaponta por completo o senhor burguês. A poesia inda fala hoje a verdade da mesma forma que os bobos do feudalismo eram os únicos seres a quem se permitia trazer a realidade em frente aos senhores prepotentes." O dossiê traz, entre outros textos, um poema inédito (em livro) do escritor, chamado Precisa-se, carta dele para Lasar Segall e vice-versa, mais artigos de Gênese Andrade (Jorge de Lima e As Artes Plásticas), William Cereja (A Queda o o Salto para o Alto), Fábio de Souza Andrade (Da Imagem às Imagens em Movimento), Cláudio Giordano (A História da Terra e da Humanidade), e Luís Bueno (Os Três Tempos do Romance de 30). Há também um estudo de Alcides Villaça (Drummond: Primeira Poesia), conto de Aleilton Fonseca, e um divertido cordel de José Mucinho chamado Da Peleja do Demo contra a Poesia - e de como Ele Perdeu Feio. Serviço Lançamento da revista "Teresa", no bar Canto Madalena, rua Medeiros de Albuquerque, 471, Vila Madalena, São Paulo, tel.: 3813-6814 - a partir das 17h30 horas desta terça-feira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.