Lançadas duas biografias de Roberto Marinho

Roberto & Lily (Editora Record, 192 págs., R$ 44,90), que será lançado hoje, na Fnac Paulista, é uma biografia autorizadíssima. Foi ditada (mas não editada) pela mulher do empresário, Lily Marinho, ao escritor Romaric Büel, ex-adido cultural da França no Rio de Janeiro. O jornalista Pedro Bial vai lançar a sua biografia do presidente das Organizações Globo, morto em agosto do ano passado, aos 98 anos, Roberto Marinho (Jorge Zahar Editor, 400 págs., R$ 29,50) no dia 1.º, no Rio, e dia 8, em São Paulo. Antes dele, dois outros nomes foram cogitados para escrever a biografia do empresário e jornalista Roberto Marinho: Otto Lara Rezende e Armando Nogueira.Bial prefere chamar o livro de "perfil biográfico", jargão jornalístico para biografias não-autorizadas, embora a sua não traga informações desautorizadas. Autorizadas ou não, as duas biografias trazem poucas revelações sobre aquele que foi chamado de "Kane brasileiro", em referência ao poderoso empresário do ramo jornalístico retratado no clássico filme de Orson Welles, Cidadão Kane, esta sim uma biografia não-autorizada - compreensível - pela família de Randolph Hearst. A última mulher de Marinho conta que o primeiro encontro entre os dois (no Copacabana Palace, em 1941) não foi exatamente o que se conhece por marcante. Bial trata de temas espinhosos, como as relações turbulentas de Marinho com Lula antes do histórico encontro entre os dois, em setembro de 1992, na sala do empresário em seu jornal, ou a obrigação de ter apoiado nas eleições presidenciais uma figura pela qual não alimentava a mínima simpatia, Fernando Collor, filho do ex-sócio de Marinho.Roberto & Lily. De Lily Marinho. Editora Record. 214 páginas. R$ 44,90. Fnac Paulista - Av. Paulista, 901, 2123-2040. Hoje, às 19h30

Agencia Estado,

17 de novembro de 2004 | 15h54

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.