Divulgação
Divulgação

Laila Garin e Enrique Diaz são premiados no Rio

Vencedores foram conhecidos em cerimônia nesta terça-feira

Roberta Pennafort, Rio - O Estado de S.Paulo

12 de março de 2014 | 12h08

Aclamada pelo público na temporada carioca de Elis - a Musical, a atriz baiana Laila Garin ganhou o Prêmio Shell de melhor atriz. Com apresentação de Renata Sorrah, a premiação ocorreu na noite de terça-feira, no Espaço Tom Jobim, no Rio. Outra peça considerada das melhores do ano na cidade, Incêndios também recebeu um troféu na 26ª edição do Shell: o de melhor diretor, para Aderbal Freire-Filho.

O diretor também havia sido indicado numa nova categoria, a de inovação, pela mobilização da classe teatral em busca da recuperação da Sociedade Brasileira de Autores  (SBAT). Mas quem venceu foi o diretor e produtor Marcus Vinícius Faustini, pelo projeto Festival Home Theatre, que leva peças de teatro a residências cadastradas.

Os prêmios foram distribuídos entre produções que se destacaram no Rio em 2013. Elis - a Musical e Conselho de Classe foram as que  tiveram o maior número de indicações: três, cada uma.

O prêmio de melhor autor foi para Júlia Spadaccini, pela peça A Porta da Frente; o de melhor ator, para Enrique Diaz, por Cine Monstro; o de cenário, para Aurora dos Campos, por Conselho de Classe; o de figurino, para Thanara Schönardie, por A Importância de ser Perfeito; o de iluminação, para Tomás Ribas, por Moi Lui; o de música, para Gabriel Moura, por Cabaré Dulcina.

O júri do Shell foi formado por Ana Achcar, Bia Junqueira, João Madeira, Macksen Luiz e Sérgio Fonta. O prêmio começou em 1989 e o valor que os ganhadores recebem é R$ 8 mil, além da escultura em metal com a forma da concha-símbolo da empresa.

Confira a lista completa dos vencedores 

Autor

Júlia Spadaccini por A Porta da Frente

Direção

Aderbal Freire-Filho por Incêndios

Ator

Enrique Diaz por Cine Monstro

Atriz

Laila Garin por Elis, a Musical

Cenário

Aurora dos Campos por Conselho de Classe

Figurino

Thanara Schönardie por A Importância de Ser Perfeito

Iluminação

Tomás Ribas por Moi Lui

Música

Gabriel Moura por Cabaré Dulcina

Categoria Especial

Marcus Vinícius Faustini pelo conceito e proposta do Festival Home Theatre

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.