Lady Gaga e outros famosos deixarão redes sociais

Lady Gaga e outros famosos deixarão redes sociais

Campanha de Alicia Keys convocou 'greve' de celebridades até que seguidores doem US$ 1 milhão para crianças

EFE

29 de novembro de 2010 | 11h55

Uma campanha de caridade iniciada pela cantora Alicia Keys poderá fazer com que famosos como Lady Gaga, Usher e Justin Timberlake deixem suas redes sociais, entre elas o 'Facebook' e o 'Twitter', na semana que vem, informou neste domingo a imprensa americana.

 

Alicia, que está à frente de uma campanha chamada "Keep a Child Alive" (mantenha uma criança viva, na tradução), convocou a greve de celebridades nas redes sociais até que seus seguidores doem US$ 1 milhão.

 

"Keep a Child Alive" apoia os esforços para conter a epidemia do vírus da aids na África e na Índia e para tratar as crianças soropositivas. A organização tem seis centros principais de tratamento em Quênia, Etiópia, África do Sul, Uganda, Ruanda e Índia.

 

Só Lady Gaga tem cerca de sete milhões de seguidores no 'Twitter' e quase 24 milhões de amigos no Facebook.

 

Alicia disse que "esta é uma forma direta, emocionante e um pouco sarcástica de fazer com que as pessoas dêem atenção" ao assunto.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.