Reuters
Reuters

Ladrões roubam quadro de Magritte de museu em Bruxelas

"Olympia", datada de 1948, é avaliada em US$ 1,1 milhão; obra foi levada sem nenhum tiro disparado

Reuters,

24 de setembro de 2009 | 13h19

Dois homens roubaram o quadro "Olympia" do pintor surrealista belga René Magritte de um museu em Bruxelas nesta quinta-feira, 24, afirmou a Polícia local. Segundo as autoridades, um dos criminosos estava armado com o que parecia ser uma pistola.

 

A obra, datada de 1948 e que mostra uma mulher nua deitada com uma concha no abdome, é avaliado em 750 mil euros (cerca de US$ 1,1 milhão), afirmou a polícia.

 

Os dois homens chegaram logo depois da abertura do Museu René Magritte e ameaçaram as cinco pessoas dentro, incluindo dois visitantes, afirmou a polícia. Sem disparar, os criminosos levaram "Olympia", uma das três obras do local. O curador do museu, no qual a pintura estava há quase 24 anos, descreveu os homens como asiáticos, sem dar mais detalhes. Um deles falava inglês e o outro francês, pontuou.

 

Magritte, melhor conhecido por pintar chapéus, cachimbos, maçãs verdes e céus azuis, possui dois museus em sua homenagem em Bruxelas.

Tudo o que sabemos sobre:
MagritteBruxelasroubopinturamuseuarte

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.