Kiri Te Kanawa faz concerto com a Sinfônica Brasileira

Uma das grandes divas do canto líricointernacional, a soprano neozelandesa Kiri Te Kanawa dá início, nesta quarta-feira, 11, à parte paulista de sua pequena turnê pelo Brasil.Depois de concertos no Teatro Municipal do Rio, ela canta aolado da Orquestra Sinfônica Brasileira amanhã no Teatro Alfa e,sábado, no Auditório Claudio Santoro, em apresentação que fazparte da programação do 38.º Festival de Inverno de Campos doJordão. O programa dos dois concertos é o mesmo e mostra asoprano à vontade em um repertório que marcou sua carreira - elaabandonou os palcos de ópera em 2004 e, desde então, tem seapresentado apenas em recitais e concertos. Na primeira parte,além da ária Depuis le Jour, da ópera Louise, de Charpentier e da Canção de Marietta, da ópera A Cidade Morta, deKorngold, canções de Strauss. Nos anos 70 e 80, ela alcançourenome interpretando os principais papéis do compositor; naempreitada, contou com a ajuda do maestro Georg Solti, grandeespecialista em Strauss. Com ele, gravou um disco precioso comas Quatro Últimas Canções e uma seleção de peças para voz epiano - Zueignung, Ständchen e Morgen, que serão cantadaspor ela aqui (só que na versão para orquestra), faziam parte doconjunto. Em seguida, Dame Kiri interpreta uma seleção de cançõesdo francês Joseph Marie Canteloube - Bailerò, Lo Fiolairé,Malurous e La Delaissádo fazem parte do ciclo Chansond’Auvergne, que ela gravou nos anos 80 com o maestro JeffreyTate, álbum duplo que traz como bônus as Bachianas BrasileirasN.º 5, de Villa-Lobos. Para completar a noite, a OSB interpretaa abertura da ópera O Navio Fantasma, de Wagner, a Suíte OCavaleiro da Rosa, de Strauss, e Encantamento, do brasileiroCamargo Guarnieri. Kiri Te Kanawa. Teatro Alfa. Rua Bento Branco de Andrade Filho,722, Santo Amaro, tels. 11-5693-4000 e 0300-789-3377. Quarta-feira, às21 h. R$ 50 a R$ 170

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.