'Kick-Ass' e 'Scott Pilgrim' chegam este ano ao País

O canadense Scott Pilgrim e o americano Dave Lizewski são garotos sem nenhum atrativo especial. Não possuem inteligência acima da média, não sofreram mutações que lhes rendessem superpoderes nem têm razões nobres para entrar em lutas. Apesar disso, ou talvez por isso mesmo, estão para o cinema adaptado de quadrinhos hoje como Wolverine e Homem-Aranha estiveram ao longo da última década.

AE, Agência Estado

09 de junho de 2010 | 11h43

Os dois personagens protagonizam, respectivamente, "Scott Pilgrim Contra o Mundo" e "Kick-Ass: Quebrando Tudo", graphic novels e filmes que vêm sendo apontados pela imprensa internacional como os exemplos mais bem-sucedidos do gênero neste começo do século 21. O público brasileiro poderá conferir as histórias ainda neste ano. Os dois primeiros títulos (de um total de seis) da versão em HQ de "Scott Pilgrim" foram lançadas por aqui no mês passado, em um único volume, pelo selo Quadrinhos na Cia.; o filme, com Michael Cera (ator de Juno) no papel principal, tem estreia mundial no segundo semestre. "Kick-Ass" chega aos cinemas nacionais na sexta-feira da semana que vem. Mais ou menos pela mesma época, deve sair por aqui a graphic novel, pela Panini.

Idealizada pelo escocês Mark Millar, em uma parceria com o ilustrador americano John Romita Jr., "Kick-Ass" conta a história de Dave Lizewski (vivido no filme por Aaron Johnson), adolescente fã de quadrinhos que, encafifado com o fato de ninguém nunca ter tentado virar super-herói na "vida real", enfia-se numa roupa de mergulho e sai pelas ruas, sem treinamento nem nada, à caça de bandidos. Lizewski vai parar no hospital duas vezes, mas uma das brigas é filmada por um estranho e cai no YouTube, o que, em tempos de internet, basta para que "Kick-Ass" vire hit internacional. Em meio a isso, o neo-herói esbarra em três outros personagens a caráter cujas intenções ele demora a decifrar: Big Daddy (Nicholas Cage), Hit Girl (Choe Moretz, que tinha 11 anos na época das filmagens) e Red Mist (Christopher Mintz-Plasse, de Superbad). A direção do longa ficou a cargo de Mattew Vaughan, que também participou da criação do roteiro e bancou boa parte da produção.

Com forte influência de games e mangás, "Scott Pilgrim" é escrita e ilustrada pelo canadense Bryan Lee O?Malley, e teve o primeiro de seus seis volumes lançado em 2004. Nele, o leitor é apresentado a Scott, rapaz de 23 anos que não tem emprego, toca guitarra na banda de rock amadora Sex Bob-Omb e namora uma colegial de 17 anos - pelo menos até conhecer Ramona Flowers, entregadora da Amazon.com graças a quem se envolverá na missão de derrotar sete integrantes de uma tal Liga dos Ex-Namorados do Mal. O filme terá estreia mundial no segundo semestre. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Tudo o que sabemos sobre:
cinemaquadrinhosKick-AssScott Pilgrim

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.