Divulgação
Divulgação

Kate Winslet processa jornal que falou de sua forma física

'Daily Mirror' disse que vencedora do Oscar mentiu sobre fazer exercícios em casa acompanhando DVDs

Efe,

08 de maio de 2009 | 14h21

A atriz Kate Winslet apresentou nesta sexta-feira, 8, um processo contra o jornal sensacionalista "Daily Mail" por publicar um artigo "desagradável" sobre sua forma física.

 

Nos documentos apresentados ao Tribunal Superior de Londres, Winslet, de 33 anos, disse que estava "afligida e envergonhada" pela informação do "Daily Mail", que assegurava que ela tinha mentido ao comentar sobre as dietas que segue para se manter em forma.

 

A estrela britânica, que este ano venceu o Oscar de Melhor Atriz por "O Leitor", disse que o artigo prejudicou sua "reputação pessoal e profissional", e solicitou uma indenização de 150 mil libras (166,5 mil euros). Além disso, a artista quer que se proíba a publicação do texto no futuro, pedido que o jornal se nega a aceitar.

 

O artigo em questão, publicado no início deste ano com o título "Deveria Kate Winslet ganhar um Oscar de atriz mais irritante do mundo?", acusava a intérprete de minimizar o exercício que precisa para estar em forma. O "Daily Mail" colocou em dúvida uma declaração da atriz à revista "Elle" na qual dizia que não frequentava academias porque não tinha tempo, mas fazia exercícios em casa, acompanhando DVDs, por pelo menos 20 minutos ao dia.

 

Segundo a imprensa britânica, Kate Winslet entrou com o processo porque se identifica socialmente como um modelo para as meninas jovens que aceitam sem complexos sua aparência física.

Tudo o que sabemos sobre:
Kate Winslet

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.