Kate Moss na capa da Vanity Fair de setembro

Kate Moss estampa a capa da edição de setembro da revista Vanity Fair usando apenas longas luvas brancas, botas de couro e um chapéu de pele. Kate encabeça a lista dos mais bem vestidos ricos e famosos do ano, divulgada pela revista.A modelo britânica, de 32 anos, aparece em uma foto interna da revista com um look andrógino, vestindo um chapéu preto, uma jaqueta e um terno inspirados na atriz Marlene Dietrich. Em outra foto, Kate, também imitando Marlene, dessa vez como a princesa Sophia Frederica/Catherine II em The Scarlet Empress (1934), usa uma beca que a cobre ao redor da cintura. Figuram na lista dos mais bem vestidos ricos e famosos do ano os atores George Clooney e Renee Zellweger, a apresentadora Oprah Winfrey, a cantora Gwen Stefani, a Secretária do Estado dos EUA Condoleezza Rice, o apresentador da CNN Anderson Cooper, a cineasta Sofia Coppola, o príncipe William, da Inglaterra, e Rania, a rainha da Jordânia.A capa sexy da Vanity Fair é mais uma amostra de que a carreira da modelo continua promissora. Kate ficou meses internada em uma clínica de reabilitação no Arizona, nos Estados Unidos, longe da holofotes depois que o tablóide britânico Daily Mirror publicou, em setembro do ano passado, fotos que mostravam a modelo supostamente usando cocaína com o cantor Pete Doherty, seu então namorado. Ela acabou não sendo acusada por consumo de drogas, mas com o escândalo perdeu importantes contratos publicitários, entre eles com a Chanel e a Burberry. E foi justamente em um desfile da Burberry que fez sua primeira aparição pública após o incidente - foi fotografada sentada na primeira fileira do desfile de outono/inverno 2006/2007 da grife inglesa, em Milão, na Itália. Na ocasião, a Burberry comemorava seu 150.º aniversário, e Kate declarou: "Eu estou nervosa. Há muito tempo não assistia a um desfile".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.