Karolina, a top número 1, vem ao Brasil

Quem é a modelo número 1 do mundo? Não, não é Gisele Bündchen. A top gaúcha hoje integra uma lista à parte, das que estão sempre em alta em qualquer temporada. Gisele é uma das dez lendas do universo das modelos, ao lado de Carolyn Murphy, Stella Tennant, Kate Moss, Amber Valetta, Christy Turlington, Bridget Hall, Stephanie Seymour, Linda Evangelista e Naomi Campbell. E a bonitona virá, mais uma vez, desfilar seu glamour de celebridade no lançamento de verão da Cia. Marítima.Quem agora lidera o ranking das mais mais é Karolina Kurkova, 18 anos completados no dia 28 de fevereiro, nascida na República Checa, rostinho de menina, corpão de mulher. E ela também vem, com seu 1,80 m de altura, 89 cm de busto, 59 cm de cintura e 89 cm de quadril, desfilar de biquíni na São Paulo Fashion Week.Karolina estará na passarela da Água Doce, grife que entrou no calendário por conta da desistência da Rygy e da Blue Man. Irmã caçula da Cia. Marítima, a marca foi criada há quatro anos e produz 400 mil peças por ano."A Cia. Marítima é a marca mais fashion, por isso vamos trazer a top número zero, que é Gisele Bündchen. Ela vai fazer o desfile e o catálogo da marca - que será fotografado por Gilles Bensimon, em Itacaré, na Bahia. Para a Água Doce teremos a número 1, que é Karolina", diz Hussein Rimi, da equipe de marketing das grifes.As duas etiquetas pertencem ao grupo Rosset, que teve de abrir o cofre para concretizar a estratégia de ter duas das mulheres mais belas do mundo a seu serviço.O preço de Gisele ninguém revela. O de Karolina, também não, mas dá para fazer uns cálculos. Para um desfile na Europa, o cachê da número 1 normalmente fica em torno de US$ 25 mil. Para viagens fora do Estado de residência é cobrado o "travel time", o que significa meia diária a mais para a ida e outra para a volta. Para dar suas passadas largas por aqui, estima-se no mercado que Karolina irá embolsar perto de US$ 60 mil.O cachê é o primeiro item a inflacionar quando uma modelo galga posições no ranking das mais belas. O termômetro é definido pelo site Models.com, onde está a lista com as 50 bem cotadas. A avaliação leva em conta a qualidade dos trabalhos realizados. "Mudar de posição no ranking é muito rápido.Bastou a Carol fazer suas últimas campanhas para chegar ao quarto lugar", constata Analu Oliveria, diretora da Marilyn, sobre a posição atual da única brasileira entre as dez, Caroline Ribeiro. Também em quarto lugar está a top Anouck, da agência IMG. "Os empates existem, pois a importância dos trabalhos se equivale", acredita Analu.No mercado internacional, o que mais pesa são as campanhas. Depois vêm os editoriais e os desfiles. Milão é bom para ganhar dinheiro, mas para conquistar status os destinos certos são Paris e Nova York. "A modelo começa fazendo os desfiles, aí vai para os editoriais, as capas e as campanhas. Capa, se não for Vogue ou Bazaar, não conta tanto", acredita Bruno Soares, diretor da agência Next.Karolina Kurkova já fez oito capas internacionais de Vogue, mais Bazaar, ID, The Face. Fez campanha para Chanel, Yves Saint Laurent, Valentino, Ferragamo, Celine, Christian Dior, Victoria´s Secret, Louis Vuitton, Prada, entre outras. É reconhecida na rua. Dá autógrafos. Está pronta para o estrelato.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.