Julio Capobianco abre exposição em São Paulo

Reunindo 21 obras, Julio Capobianco abre hoje, na Dan Galeria, a exposição Natureza Viva. Ao misturar materiais orgânicos, ele busca questionar a depredação da natureza, o vazio, a solidão. Apenas em uma tela o artista não sobrepôs figuras geométricas, como o quadrado, o triângulo e as retas. O charme de suas obras está na vivacidade que cada peça demostra. Capobianco fez um delicado processo de pesquisa no Boque Catito, localizado em Minas Gerais, para recolher centenas de galhos, que iam aos poucos se encaixando em seus quadros. Percebendo a raridade do material, já que cada galho nunca será igual ao outro, ele monta uma serie rica em cores respeitando as formas grossas, arredondadas e uniformes da matéria. Recém chegado do Xingú, Capobianco promete para 2001 uma exposição e um livro contanto as experiências vividas em, segundo ele, um dos melhores lugares por onde já passou. Dan Galeria - Rua Estados Unidos, 1638. Tel: (11) 3083-4600. Até 18 de dezembro.

Agencia Estado,

14 de dezembro de 2000 | 19h58

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.