Juiz proíbe menores em "O Quinto dos Infernos"

O juiz Leonardo de Castro Gomes, da 1.ª Vara da Infância e da Juventude do Rio, concedeu liminar ontem determinando a suspensão da participação de menores de 18 anos na minissérie O Quinto dos Infernos, da Rede Globo. O motivo foi a suposta presença de crianças e adolescentes durante as gravações de cenas de sexo, nudez, violência, estupro e "erotismo exacerbado".Com a decisão, está proibido o uso de cenas já gravadas. No início da noite de ontem, a assessoria da emissora informou que seu departamento jurídico não havia sido notificado e, portanto, não iria se pronunciar.O juiz estabeleceu uma multa de R$ 100 mil - por criança, por cena indevidamente veiculada - em caso de descumprimento da medida. Castro Gomes determinou ainda que a emissora remeta ao juizado a relação com os nomes de todas as crianças e adolescentes que participam do programa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.