Juan Gelman recebe prêmio de poesia Pablo Neruda

O escritor argentino Juan Gelman recebeu, na quarta-feira, o Prêmio Ibero-americano de Poesia Pablo Neruda, em Santiago do Chile. O prêmio, entregue em mãos pelo presidente chileno Ricardo Lagos, na sede do governo, em Santiago do Chile, consiste em uma condecoração e US$ 30 mil. Entre as principais obras de Gelman, destacam-se Violín y otras Cuestiones (1956) e Interrupciones (1988). Em português, seu livro mais recente é Isso, publicado pela editora da UNB, em 2004, mas há ainda Amor que Serena, Termina?, lançado em 2001 pela editora Record.O prêmio Pablo Neruda de poesia foi criado em 2004, por ocasião das comemorações do centenário de nascimento de um dos maiores nomes da poesia chilena. O primeiro ganhador do prêmio foi o poeta mexicano José Emílio Pacheco. Gelman, de 75 anos, foi escolhido por um júri formado pelos acadêmicos José Miguel Oviedo, do Perú, Mempo Giardinelli, da Argentina e Hernán Loyola, do Chile.

Agencia Estado,

07 de julho de 2005 | 21h08

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.