Jovem editora carioca aposta no Leste Europeu

A jovem editora Tinta Negra - lançada neste ano e cujo catálogo conta com apenas oito títulos, sete deles nacionais - faz uma aposta agora em obras do Leste Europeu premiadas e elogiadas em vários países, mas cujos autores são pouco ou nada conhecidos por aqui. O investimento engloba textos clássicos e contemporâneos, de ficção e não-ficção e HQs. Entre os previstos para sair em 2010 está Máfia, reportagem sobre os bastidores do crime organizado italiano realizada pela alemã Petra Reski. Ainda sem título em português, Bieguni (Runners) apresentará ao público brasileiro a polonesa Olga Tokarczuk, três vezes vencedora em seu país do Prêmio Nike de Literatura. Nos quadrinhos, a aposta é no designer e escritor alemão Flix, autor da premiada graphic novel de reportagem Da War Mal Was (o título provisório em português é Quando Tinha um Muro... Lembranças Daqui e de Lá). O autor, de 34 anos, virá ao País em agosto, a convite do Goethe-Institut, para uma série de eventos, mas o livro sai por aqui só no começo do ano que vem.

Raquel Cozer, raquel.cozer@grupoestado.com.br, O Estado de S.Paulo

17 de julho de 2010 | 00h00

INTERNET

Aulas com Faulkner

De 1957 a 1958, já detentor do Nobel de Literatura (1949), William Faulkner foi escritor-residente da Universidade de Virgínia, nos EUA. Pouquíssimos alunos tiveram chance de assistir às suas palestras e leituras. Recém-digitalizadas, as sessões agora podem ser ouvidas em faulkner.lib.virginia.edu.

*

O site inclui textos e cartoons (acima) de publicações locais no período, além de fotos e cartas. Numa delas, o criador de O Som e a Fúria responde ao convite para falar aos alunos: "Meu primeiro pensamento foi que eu era só um escritor-residente, não um palestrante-residente, (...) mas talvez seja meu dever (...) tentar dizer algo válido."

CINEMA 1

Filho multimídia

Um mês após o anúncio de sua adaptação teatral, O Filho Eterno, romance nacional mais premiado de 2008, teve os direitos comprados para o cinema. A obra de Cristovão Tezza será adaptada pela RT Features.

CINEMA 2

Vida eterna

Para quem acredita que a onda de livros de vampiros vai amainar, indícios recentes provam o contrário: a Terra dos Vampiros, lançado pela Planeta, será adaptada para as telas por John Carpenter, diretor de filmes de terror cult como Halloween (1978). O papel principal será de Hilary Swank.

*

E outro que ainda nem saiu por aqui, A Passagem, de Justin Cronin, teve os direitos comprados pela Fox, que deixou o roteiro aos cuidados de John Logan (Oscar por O Gladiador). O título abre uma trilogia que a Sextante põe nas livrarias a partir de agosto.

JUVENIL

Ao redor do mundo

Adriana Lisboa assinará os textos de A Volta ao Mundo em 190 Histórias, coletânea da Rocco organizada por Celina Portocarrero. A série, para o público juvenil, recuperará lendas de todo o mundo. O primeiro título, previsto para janeiro, será dedicado à África. Depois, virão Europa, Ásia e Américas.

*

A autora acaba de entregar à editora os originais de Azul-Corvo, romance adulto que parte de pesquisa sobre a Guerrilha do Araguaia para narrar a trajetória de um ex-combatente que se torna imigrante nos EUA.

REVISTA

Número cinco

A quinta edição da quadrimestral serrote, que sairia neste mês, ficou para agosto, por conta da Flip. Destaca-se a série de ilustrações da israelense Maira Kalman, autora de livros infantis e capista da New Yorker. Os desenhos foram feitos para edição especial do clássico manual The Elements of Style, à exceção de um serrote desenhado especialmente para a publicação do Instituto Moreira Salles.

QUADRINHOS

Filosofia pop

A Desiderata garantiu os direitos da graphic novel Nietzsche - Se Créer Liberté. Com texto de Michel Onfray e arte de Maximilien Le Roy, a biografia vem sendo considerada na Europa a melhor HQ do ano.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.