Joseane perde o título de Miss Brasil

Agora é oficial. A ex-big brother Joseane de Oliveira será destituída do título de Miss Brasil. Depois de colocar a paciência dos organizadores do concurso à prova diversas vezes com seu comportamento, a moça conseguiu o feito de ser a primeira miss a perder a faixa na história do evento. A gota d´água: a mentira sobre o casamento.O segredo de Joseane foi revelado sábado por um jornal gaúcho, que publicou uma certidão de casamento de 30 de abril de 1998 comprovando que a miss é casada com Rafael Gustavo Vargas, de 24 anos. Na época, Joseane tinha 17 anos e precisou de autorização dos pais para unir-se oficialmente ao rapaz."Ser solteira é um pré-requisito para se inscrever e Joseane sabia disso, pois assinou um contrato", declarou o organizador do concurso de Miss Brasil, Boanerges Gaeta Jr. Joseane, que não foi encontrada pela reportagem, assim como sua assessoria de imprensa, afirmou no programa Domingão do Faustão que os organizadores do concurso estadual, que a elegeu Miss Rio Grande do Sul, sabiam do casamento. Gaeta não acredita. "Ela infringiu a regra. Seus documentos estão com nome de solteira, não teria como saber." Reprodução/Taíza, a nova Miss BrasilEle ainda não sabe se a organização vai ou não processar Joseane, mas ao comentar a omissão do casamento usa a expressão "falsidade ideológica". Com a saída de Joseane assume o posto de Miss Brasil a segunda colocada no concurso, Taíza Thomsen (leia mais), de 20 anos, representante de Santa Catarina.Taíza, que representou o Brasil no Miss Mundo, será empossada em uma festa que ainda não tem data marcada e, apesar do pouco tempo que terá de mandato - ele termina dia 31 de março, quando será realizado o concurso de 2003 - deverá receber no lugar de Joseane o melhor prêmio do concurso: um carro."Pela regra ele é entregue só no fim do reinado, então, provavelmente, irá para Taíza", diz Gaeta. Ele diz "provavelmente" porque, como nunca houve um caso assim, a organização ainda está decidindo o que fazer. Também está no impasse o destino das jóias que fazem parte do prêmio e já foram entregues para Joseane.De concreto, por enquanto, Taíza terá as obrigações de miss - viagens, participações em concursos regionais, feiras de moda e beleza, eventos beneficentes e campanhas publicitárias - e a ajuda de custo mensal de cerca de R$ 900. Reprodução/Imagem do ensaio de Joseane para o site paparazzo.comJoseane ainda não encontrou pessoalmente os organizadores do concurso, apenas pediu desculpas pelo ocorrido por telefone. Gaeta não quis comentar, mas, além do casamento, Joseane infringiu outra regra do concurso: posou para o site paparazzo.com seminua, em poses bem sensuais. E, agora que pode dar o rumo que quiser para a carreira, deve aceitar também o convite para posar nua para a revista Playboy."Acho que ela deveria ter perdido o título só por ter saído seminua nesse site", disse Deise Nunes, Miss Brasil de 1986. "Assim como o casamento, não posar nua era outra regra do concurso. Regra que ela sabia e descumpriu."As críticas a Joseane datam de muito antes do ensaio fotográfico ou da notícia do casamento. Logo na primeira semana de reclusão no programa, a ex-miss foi flagrada beijando na boca o participante "Dilsinho Mad Max", dançando sensualmente e embriagada. Até a mãe de Joseane se surpreendeu com o comportamento da garota ao descobrir, pela tevê, que ela é fumante."Ela errou logo ao entrar na casa, quando disse que quem estava lá era Joseane e não a Miss Brasil", lembra Deise. "Quem representa um País tem de ter o mínimo de compostura, ninguém precisaria ficar colocando regras."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.