José María Jover recebe Menéndez Pelayo

O historiador espanhol José María Jover Zamora conquistou nesta segunda-feira o 13ª Prêmio Internacional Menéndez Pelayo, patrocinado pela Fundação Cervantina no México. Jover, de 80 anos, recebeu 44 mil dólares "em consideração a ambição intelectual e a profundidade humanística de sua extensa obra", segundo o júri, encabeçado pelo redator da Universidade Internacional Menéndez Pelayo, José Luis García Delgado. O primeiro vencedor do prêmio, em 1987, foi o mexicano Octavio Paz.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.