José Bento inaugura exposição na Galeria Bergamin

Como diz o crítico Ricardo Sardenberg, foi o arquiteto Vilanova Artigas (1915-1985) quem desenhou a obra "Chão", uma experiência escultórica que o artista José Bento criou para a Galeria Bergamin. O raciocínio pode ser descrito de forma simples: Bento cobriu todo o piso da galeria com tacos de madeira, concebeu um chão suspenso sobre a arquitetura de Artigas, criador da casa modernista onde é a galeria."Chão" embute a relação direta e o limite entre arquitetura e o escultórico, tão caro nesse trabalho de Bento. A obra, no geral monocromática, acompanha o desenho do local, mas, ao mesmo tempo, parece ´engolir´ o prédio - em outra sala, o chão tem sob ele molas propondo uma nova relação com o espaço.Já na obra "Bar", Bento propõe outra relação com a madeira: o visitante poderá experimentar cachaça em copos realizados em dez tipos diferentes do material. José Bento. Galeria Bergamin. Rua Rio Preto, 63, 3062- 2333. 2.ª a 6.ª, 11 h às 19 h; sáb., 11 h às 15 h. Até 30/11

Agencia Estado,

19 de setembro de 2006 | 11h16

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.