Jornalistas do 'Grupo Estado' concorrem ao Prêmio Jabuti 2009

'Casadas com o Crime' foi indicado na categoria Reportagem; 'Ping Pong...' concorre em 'Contos e Crônicas'

20 de agosto de 2009 | 20h27

A Câmara Brasileira do Livro (CBL) divulgou nesta quinta-feira, 20, a lista dos finalistas do 51º Prêmio Jabuti, considerado o maior concurso literário do País. Entre os indicados, estão dois livros de profissionais do Grupo Estado: Casadas com o Crime (Ed. Letras do Brasil), de Josmar Jozino, repórter do Jornal da Tarde, que concorre na categoria Reportagem, e Ping Pong - As Aventuras de um Jornalista Brasileiro pela China Olímpica (Ed. Artepaubrasil), de Felipe Machado, editor de multimídia do site estadao.com.br, que concorre na categoria Contos e Crônicas.

 

Veja também:

lista Confira a lista dos principais indicados ao Prêmio Jabuti 2009

 

O projeto do livro Ping Pong nasceu do blog que Machado manteve como parte da cobertura multimídia do Grupo Estado para a Olimpíada de Pequim, em 2008, no site estadao.com.br. O livro, que reúne uma edição dos melhores textos do blog, tem ainda fotos de Nilton Fukuda, repórter fotográfico do grupo, e roteiro com serviços que o transformam em um misto de diário e guia informal de Pequim e Xangai. O formato do livro (pequeno, com capinha de plástico e título escrito com ideogramas) é uma referência bem-humorada ao Pequeno Livro Vermelho, de Mao Tsé-Tung, espécie de bíblia do comunismo com os pensamentos do líder comunista chinês.

 

Casadas com o Crime dá vida aos relatos das primeiras-damas do crime organizado paulista e de mulheres que sofreram todas as humilhações por amarem presos nada importantes. A obra não glamouriza a vida das poderosas nem vitimiza as pobres coitadas - expõe a força, a fraqueza, a carência e a generosidade da alma feminina. O texto simples consegue aliar as gírias da cadeia a pontos altos de sensibilidade, como quando Jozino escreve sobre um detento que acaba de se tornar pai. ("Naquele dia, ele ficou doidão e foi dormir já de madrugada, com a cachola repleta de fumaça e o coração cheio de alegria").

 

A comissão julgadora premiará 21 categorias, para as quais dez livros foram selecionados. A segunda fase do julgamento ocorrerá 29 de setembro, quando serão revelados o primeiro, segundo e terceiro colocados em cada uma das categorias. Os melhores livros do ano em ficção e não-ficção, no entanto, somente serão conhecidos na cerimônia de entrega das estatuetas do Prêmio Jabuti, em 4 de novembro, na Sala São Paulo.

Tudo o que sabemos sobre:
Prêmio Jabutiliteraturalivros

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.