Jornalistas brasileiros vencem prêmio na Espanha

Jornalistas do Brasil, Argentina, Colômbia, Peru e Venezuela receberam nesta quarta-feira os prêmios internacionais Rey de España, numa cerimônia realizada no palácio Zarzuela, nas cercanias de Madri. Os brasileiros Idenilson Perin, Ricardo Azeredo, Wilson Kirsche e Fernando Parracho, da Rede Globo, receberam o Prêmio Iberoamericano pelo programa Sem Fronteiras. Os argentinos Jorge Porta e Esteban Talpone receberam o prêmio de rádio por seus programas sobre as tensões políticas em seu país após a renúncia do presidente Fernando de la Rúa, no fim de 2001. Os repórteres fizeram suas transmissões pela rádio Mitre. O prêmio de televisão foi conferido ao venezuelano Luis Alfonso Fernández por sua cobertura das manifestações contra e a favor do presidente Hugo Chávez para o canal Venevisión. O colombiano Carlos Alberto Giraldo venceu na categoria jornalismo impresso por sua série de artigos para o jornal El Colombiano, de Medelín, sobre os conflitos urbanos no país. Na categoria fotografia, venceu o a peruana Maria Inés Menacho Ortega, por sua imagem do presidente Alejandro Toledo recebendo, em Lima, o presidente dos Estados Unidos, publicada no diário El Comercio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.