Jornalista lança livro sobre a falta de água na Terra

Aquecimento global, derretimento de geleiras e poluição são assuntos mais do que comentados em fóruns e na mídia. Para explicar com profundidade e de maneira fácil um dos problemas que mais preocupam o mundo nesta quarta-feira, 20 - a falta de água -, a jornalista Claudia Piccazio lança, na livraria Cultura, às 18h30, o livro Água, Urgente!. A obra integra a coleção Repórter Especial, que tem como objetivo fornecer informações essenciais sobre variados aspectos do mundo contemporâneo e é escrita somente por jornalistas. Aqui, Claudia apresenta um dos maiores desafios da atualidade, a falta de água. Para pôr em prática esse projeto, a autora levou quatro meses pesquisando e entrevistando especialistas da área, como a ex-secretária do Meio Ambiente Stela Goldenstein, o professor de Geografia da Universidade de São Paulo Wagner Costa Ribeiro e o economista africano José Gonçalves, entre outros. Claudia também mergulhou em arquivos para fazer levantamento de dados, além de se dedicar à leitura de diversos livros, listados como sugestões bibliográficas. Ao ler Água, Urgente!, o leitor percebe que tem em mãos um texto jornalístico bem articulado e repleto de informações. "Este é um tema bastante amplo. Procurei apresentar um panorama com informações depuradas e acessíveis", destaca a escritora. Para ela, é fundamental que a população tenha consciência da dimensão do problema para exigir ações efetivas do governo. "Não podemos ficar apenas nas ações pontuais, é preciso que haja muita discussão e um plano de governo legitimado pelos cidadãos." Uma boa dica de leitura às vésperas do Dia Mundial da Água. Água, Urgente! Nosso Futuro Pode Morrer de Sede. De Claudia Piccazio. Editora Albatroz, Loqüi e Terceiro Nome. 104 págs., R$ 16. Livraria Cultura. Avenida Paulista, 2.073, Conjunto Nacional. Hoje, 18h30

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.