Jornalista do Watergate prepara livro sobre Hillary Clinton

Carl Bernstein, repórter que denunciou o escândalo Watergate ao lado de seu colega Bob Woodward, é o autor de um livro sobre Hillary Clinton que promete ser um best-seller.A publicação, de 640 páginas e que leva o nome de A Woman in Charge: the Life of Hillary Rodham Clinton (Uma Mulher no Comando: A Vida de Hillary Rodham Clinton, na tradução livre para o português), é fruto de oito anos de pesquisas e mais de 200 entrevistas com amigos, colaboradores e adversários da atual senadora pelo estado de Nova York, segundo a editora Alfred A. Knopf.A empresa decidiu apostar as fichas no livro: ele será lançado com uma tiragem inicial de 350 mil cópias nos Estados Unidos, um número muito alto e que mostra o enorme interesse despertado pela figura da ex-primeira-dama, apontada como preferida nas pesquisas dos pré-candidatos do Partido Democrata para as eleições presidenciais de 2008.Sonny Mehta, presidente de Knopf Publishing Group, disse em comunicado que "o surpreendente relato de Carl Bernstein nos mostra, pela primeira vez, a verdadeira trajetória de sua vida e sua corrida".Trajetória de HillaryMehta explicou que o livro, à venda a partir de 19 de junho nos EUA, será o mais "detalhado, completo e revelador" sobre uma mulher que ajudou a definir uma Presidência e pode protagonizar outra.Entre outros assuntos, Bernstein explora as complexas relações de Hillary com seu pai, o início de sua relação com Bill Clinton, seu casamento e seus tempos de estudante de Direito na Universidade de Yale, quando começou a formar seus ideais políticos.O jornalista não entrevistou, no entanto, Hillary ou Bill Clinton para elaborar o livro.Bernstein e Woodward dividiram o prêmio Pulitzer por suas investigações sobre o Watergate, escândalo que derrubou o ex-presidente americano Richard Nixon.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.