Gregorio Borgia/AP
Gregorio Borgia/AP

Jornal do Vaticano anuncia descoberta de possível tela de Caravaggio

Obra chamada de 'Martírio de San Lorenzo' pertence a Companhia de Jesus e tem semelhança com outras telas do artista, segundo o 'L'Osservatore Romano'

EFE e AP,

17 de julho de 2010 | 13h35

CIDADE DO VATICANO - O diário L'Osservatore Romano, do Vaticano, publica neste sábado em sua primeira página a possível descoberta de que um quadro propriedade dos jesuítas seria um Caravaggio. O anúncio é feito na véspera do aniversário de 400 anos da morte de Michelangelo Merisi (1571-1610), conhecido pelo nome de sua região de origem, Caravaggio, no norte da Itália.

 

Segundo o diário, o quadro, achado em Roma entre as propriedades artísticas da Companhia de Jesus, está sendo estudado e os especialistas "ficaram fascinados com a obra". A tela, chamada Martírio de San Lorenzo, mostra uma jovem deitada sobre uma mesa envolvida em chamas, com a boca aberta, expressão de dor e a mão estendida em busca de ajuda.

 

Para o L'Osservatore Romano, a obra tem claras semelhanças com outros quadros do pintor de tema religioso, como Conversão de São Paulo e Martírio de São Mateus.

 

Comemoração. Várias igrejas e uma galeria de arte em Roma que exibem obras do artista permanecerão abertas na noite deste sábado, em celebração ao aniversário de morte de Caravaggio. Os visitantes poderão visitar gratuitamente até a manhã de domingo a Galeria Borghese, onde estão obras-primas como David com a cabeça de Golias e Jovem com cesto de frutas.

 

Quatro obras adicionais foram transferidas de outros locais só para a exposição. Também ficam abertas as igrejas Santa Maria del Popolo, Sant'Agostino e San Luigi dei Francesi, todas no centro de Roma.

 

Caravaggio morreu na cidade toscana de Porto Ercole, em 1610. Teve grande fama e influência em sua época, mas também carregava o rótulo de alcoólatra e briguento nas ruas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.