Jornal afirma que Keroac começou 'On the Road' em francês

O texto francês teria sido escrito pelo menos cinco anos antes do lançamento da sua primeira edição

Ansa,

06 de setembro de 2007 | 17h59

Jack Keroac, o papa da geração beat nos Estados Unidos, escreveu em francês as primeiras páginas do original de On the Road (Pé na Estrada, na versão em português), livro que o consagraria como escritor. A informação é do jornal canadense Le Devoir, que publicou na quarta-feira, 5, um estudo baseado em escritos inéditos de Kerouac em ocasião do 50.º aniversário de sua obra-prima. A partir destes escritos, descobertos em Nova York, o jornal defende que Kerouac teria redigido em francês uma primeira versão de On the Road. O texto francês - não mais do que uma dezena de páginas - teria sido escrito em 1951, ou seja, pelo menos cinco anos antes do lançamento da sua primeira edição, registrada em 5 de setembro de 1957. Só algumas semanas depois o escritor teria começado a versão em inglês daquele que seria um dos romances mais importantes romances norte-americanos do século XX.  Le Devoir afirma ainda que entre os escritos inéditos em francês encontrados em Nova York estaria um conjunto de contos curtos intitulado La Nuit est ma Femme (a noite é minha mulher, em francês) com cerca de 56 páginas.  "Este texto é inteiramente escrito em francês e prova pela primeira vez que Kerouac teve seriamente a ambição de se tornar, como ele mesmo diria, um sincero escritor franco-canadense", afirma o jornal. Filho de emigrantes franco-canadenses, Jack Kerouac escreveu que sentia o francês como sua "língua original". "Quando estou irritado, com freqüência xingo em francês. Quando sonho, sonho em francês", escreveu Kerouac.  "Nunca tive uma língua minha. O francês até os seis anos, depois este inglês de moleque de rua. E depois este, as grandes formas, as grandes expressões de poeta, filósofo, profeta. Pois hoje todas elas se misturam na minha cabeça", anotou o escritor.

Tudo o que sabemos sobre:
On the RoadJack Keroac

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.