Gustavo Cuevas/EFE
Gustavo Cuevas/EFE

Jorge Volpi vence Prêmio Planeta Casa de América

A obra 'Le Tejedora De Sombras' foi considerada a melhor entre as 454 inscritas por autores de 23 países

estadão.com.br,

15 de fevereiro de 2012 | 18h16

O escritor mexicano Jorge Volpi venceu o V Prêmio Planeta Casa de América, anunciado nesta terça-feira, em Madri, por seu romance Le Tejedora De Sombras. Ele ganhou US$ 200 mil, um dos valores mais altos entre as premiações literárias, e o livro será lançado no dia 13 de março, na Espanha. 

A obra de Volpi, considerada a melhor entre as 454 inscritas por autores de 23 países, tem como protagonista Christiana Morgan, que lutou contra uma sociedade machista, foi aluna e paciente de Jung e amante durante 42 anos do psicólogo americano Henry Murray.

A comissão julgadora, responsável por avaliar os originais escritos em espanhol, foi formada pelos escritores Alberto Manguel, Carmen Posadas e Clara Sánchez, por Imma Turbu, diretora da Casa de América, e por Carlos Revés e Ricardo Sabanés, do Grupo Planeta.  

A Espanha liderou as inscrições (107) e foi seguida pela Argentina (91). O Brasil foi representado com três trabalhos. A ideia do prêmio é divulgar a literatura feita em língua espanhola nos países americanos. Los Días Del Arcoiris, do chileno Antonio Skármeta, venceu a edição de 2010.

Tudo o que sabemos sobre:
Jorge Volpi

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.