Jodie Foster briga com adolescente por causa de foto

A família de um rapaz de 17 anos acusou a atriz Jodie Foster de ter sido rude com ele por ter tirado fotos dela com os filhos em frente a um cinema. Uma porta-voz da atriz disse na sexta-feira que "o jovem era definitivamente um paparazzo".

REUTERS

11 de junho de 2010 | 20h08

"Ela tocou nele no braço para tentar afastá-lo, para conversar com ele e dizer para parar", disse a assessora de imprensa Jennifer Allen à Reuters.

Um boletim de ocorrência feito em 29 de maio em Los Angeles diz que a atriz abordou o rapaz, de nome não-revelado, empurrando seu peito e agarrando seu braço. A polícia disse que ninguém foi indiciado pelo caso.

O boletim de ocorrência foi obtido pelo site RadarOnline.com na sexta-feira. O pai do adolescente disse ao site que é "ridícula" a acusação de que seu filho seria um fotógrafo profissional. "Ele é só um garoto que por acaso tem uma câmera legal".

Allen disse que o rapaz "grudou em Jodie e nos seus filhos" e os "apertou" enquanto tirava fotos, o que assustou a atriz. A assessora disse também que o rapaz levava uma bolsa de câmera e uma teleobjetiva.

A premiada atriz, de filmes como "O Silêncio dos Inocentes" e "Mentes que Brilham," tem dois filhos, de 11 e 8 anos.

(Reportagem de Alex Dobuzinskis)

Tudo o que sabemos sobre:
GENTEFOSTERBARRACO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.