Joaquim e Laís, atrações brasileiras

Neve Pra Cachorro

LUIZ CARLOS MERTEN, O Estado de S.Paulo

10 de dezembro de 2012 | 02h06

16 H NA GLOBO

(Snow Dogs). EUA, 2002. Direção de Brian Levant, com Cuba Gooding Jr., James Coburn, Nichelle Nichols, M. Emmet Walsh, Graham Greene.

Dentista da cidade descobre que recebeu uma herança, e são cães de trenó, legados por um parente que vivia no Alasca. Sua ligação com os animais inclui um desesperado esforço para salvá-los, quando eles ficam sozinhos nas neves eternas. A produção da Disney talvez seja o melhor ou, pelo menos, o mais razoável filme de Cuba Gooding Jr,. depois que ganhou o Oscar de coadjuvante por Jerry Maguire - A Grande Virada. O cara só fez escolhas ruins. Essa é simpática. Reprise, colorido, 97 min.

A Proposta

22H20 NA GLOBO

(The Proposal). Americana, Canadense, 2009. Direção de Anne Fletcher, com Sandra Bullock, Ryan Reynolds, Malin Akerman, Craig T Nelson, Mary Steenburgen, Denis O'Hare.

Executiva a ponto de perder o emprego propõe a subalterno um casamento de fachada, para que ambos possam permanecer nos cargos. Se você acha que Sandra Bullock e Ryan Reynolds não vão se envolver, é porque não entende nada de Hollywood. Uma delícia de comédia romântica, com divertidas cenas de 'família'. Inédito, colorido, 107 min.

Máscara Negra

23H30 REDE BRASIL

(Hak Hap,/ Black Mask). Hong Kong, 1996. Direção de Daniel Lee, com Jet Li, Ching Wan Lau.

Jet Li pertence a uma elite de assassinos. Depois que seu centro nervoso é removido - numa cirurgia de ficção científica - e ele deixa de sentir dores físicas e emocionais, o herói cria a persona do Máscara Negra para se vingar do mundo do crime de Hong Kong. Jet Li é grande lutador. E bom ator também, como sabem os espectadores de Cão de Briga. Reprise, colorido, 96 min.

O Possesso Peter Finch

0 H NA CULTURA

(Mad as Hell: Peter Finch). Austrália, 2011. Direção de Robert de Young.

O olhar de amigos e das três filhas sobre o ator que foi o único a ganhar postumamente o Oscar da categoria, por Rede de Intrigas, em 1976. Heath Ledger também ganhou o prêmio post mortem, mas foi na categoria de coadjuvante, por Batman - O Cavaleiros das Trevas, em 2008. Peter Finch trabalhou com grandes atores e diretores, fez escolhas ousadas e deixou a marca de um talento especial. O título refere-se à fala de seu personagem no filme de Sidney Lumet que lhe deu a estatueta da Academia - o surtado Howard Beale entra em colapso e grita no ar (é apresentador de TV) "Estou possesso, não aguento mais". Reprise, colorido, 60 min.

As Melhores Coisas do Mundo

2H35 NA GLOBO

Brasil, 2010. Direção de Lais Bodansky, com Francisco Miguez, Denise Fraga, Fiuk, Caio Blat, Jose Carlos Machado, Paulo Vilhena, Gustavo Machado.

Laís Bodanzky e seu marido, o roteirista Luiz Bolognesi, superaram, recentemente, a marca de 1 milhão de espectadores para o seu projeto de cinema itinerante, que tem formado público pelo Brasil afora. A obra cinematográfica da dupla também é uma das mais valiosas do cinema brasileiro pós-Retomada. Aqui, retratam o universo da adolescência. Dois irmãos, a traumática separação dos pais (e a descoberta de que ele deixou a mãe por outro homem). Cenas intensas - a mais bela começa quando Denise Fraga deixa cair os ovos na cozinha - e um elenco jovem de tirar o chapéu. Fiuk e Francisco Miguez são realmente ótimos. Inédito, colorido, 107 min.

Uma Vida Difícil

2H35 NA BAND

(Thirteen). EUA, 2003. Direção de Catherine Hardwicke, com Holly Hunter, Evan Rachel Woods, Nikki Reed, Jeremy Sisto, Brady Corbet, Sarah Blakely-Cartwright, Sarah Clarke.

O título brasileiro é o mesmo da comédia clássica de Dino Risi, com Alberto Sordi, no começo dos anos 1960, mas a vida difícil, aqui, é a da garota de 13 anos que deixa de ser a nerd da turma para ingressar num mundo de sexo e drogas ao se ligar à colega mais popular da escola. A diretora Hardwicke formatou a série Crepúsculo (e foi ela quem escolheu os atores que criaram os personagens de Stephenie Meyer). Reprise, colorido, 100 min.

Marcas de Um Passado

3H25 NA REDE BRASIL

(Clean and Sober). USA, 1988. Direção de Glenn Gordon Caron, com Michael Keaton, Kathy Baker, Morgan Freeman, M. Emmet Walsh.

Michael Keaton, na fase pré-Batman - o 1º filme de Tim Burton com o personagem é de 1989 -, faz executivo que conhece o inferno ao se internar para tratamento de desintoxicação de drogas. O bom elenco de coadjuvantes ajuda. Reprise, colorido, 124 min.

TV Paga

Os Inconfidentes

1H35 NO CANAL BRASIL

Brasil, 1972. Direção de Joaquim Pedro de Andrade, com José Wilker, Luiz Linhares, Paulo César Pereio, Fernando Torres, Carlos Kroeber, Nelson Dantas, Margarida Rey.

A vertente mineira da obra de Joaquim Pedro (O Padre e a Moça, Os Inconfidentes) é mais rica que a tropicalista (Macunaíma), mas esta é uma afirmação sujeita a controvérsia. De qualquer maneira, o olhar do autor sobre Tiradentes e os demais inconfidentes impõe-se pelo rigor. O filme segue ousado, 40 anos depois. Reprise, colorido, 100 min.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.