João Gordo discoteca na Lov.e

Quem está entediado de escutar só música eletrônica a noite inteira pode ir se preparando para muita balada. Hoje, o club Lov.e, na sua segunda noite Lov.e n´ Rocks, esquece o "bate-estaca" e revisita outros estilos que já fizeram a cabeça da galera da noite. Fazendo o som da festa, um convidado de peso: o cantor-apresentador João Gordo, que assume o posto de DJ residente da casa.Os genêros tocados serão os mais diversos. Nas picapes, João Gordo, com o auxílio de seus convidados, passeia pelos anos 60, 70 e 80, até chegar no presente, tocando desde new wave e punk rock até hip-hop e o rock n´ roll. Nesta noite, o apresentador do Gordo A Go-Go recebe o irreverente Arthur Veríssimo, da revista Trip, e Zé Gonzales, do Planet Hemp.Noite de peso - "Todo lugar é eletrônico agora", explica Viviane Flaksbaum, promoter da noite. "Fizemos a noite para quem conhece música antiga e quer mais vocal e melodia na sua balada." A idéia de trazer João Gordo para a casa foi da proprietária, Flávia Cecato. Viviane aprovou na hora. "Já tinha visto o Gordo tocando uma vez na U-Turn e foi um sucesso", diz a promoter, que acredita que ninguém melhor que João Gordo para conduzir essa noite. "Além de manjar tudo dessas épocas, ele está em um momento em que as coisas estão acontecendo na sua carreira."A Lov.e n´Rocks então passou a existir. A primeira, que rolou no fim do mês passado, foi aprovada pelo público, misturando muita gente do rock-and-roll, tatuadores, músicos e pessoas que sentem falta de mais vocal e ritmo na vida noturna da cidade. A noite de hoje deve esquentar o ânimo dos baladeiros das antigas com o repertório de Arthur Veríssimo, que promete um revival dos seus tempos como DJ do Rose BomBom, clube que ficou conhecido na época por ser o precursor do movimento punk no Brasil, além de Zé Gonzales, que vai usar toda a sua experiência como DJ do Planet Hemp para dar o toque rock-and-roll.Love n´ Rocks - Toda última quarta do mês no Lov.e Club&Lounge (R. Pequetita, 189, V. Olímpia. Tel. 3044-1613). Ingressos: R$ 25(homem), R$ 20(mulher)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.