Jennifer Hudson revela felicidade com perda de peso em música

Ela não revela quantos quilos perdeu, mas a cantora e atriz Jennifer Hudson diz que, nos nove meses desde que se tornou porta-voz dos Vigilantes do Peso, nunca se sentiu melhor.

REUTERS

22 de dezembro de 2010 | 13h15

Ela está até mesmo cantando sobre isso em uma música nova, "Feeling Good," que faz parte de uma campanha publicitária que a empresa de dietas vai lançar em 26 de dezembro para coincidir com seu novo programa nutricional, PointsPlus.

A Vigilantes do Peso disse que cerca de 11 por cento da participação anual em suas reuniões acontece em janeiro, quando os norte-americanos procuram recuperar-se dos excessos alimentares do fim do ano.

"Basicamente, esta canção é a maneira perfeita de descrever esta jornada e dizer como me sinto depois dela," disse Hudson à Reuters. "Se eu pudesse resumir tudo o que sinto por dentro e dizer a outras pessoas para ajudar a motivá-las, seria isto."

Hudson e sua voz de cantora gospel encontraram lugar no cardápio de criação de estrelas de Hollywood em 2004, quando foi finalista do programa "American Idol," e ao receber um Oscar por seu papel coadjuvante no musical "Dreamgirls," de 2006. Mas, em um setor obcecado por mulheres magras, Hudson teve problemas devido a sua corpo grande.

Em abril, Hudson anunciou que se tornaria a nova porta-voz da Vigilantes do Peso. Sete meses tinham se passado desde o nascimento de seu filho, David Jr., e ela já tinha perdido parte do peso ganho. Em agosto, ela disse à revista InStyle Makeover que tinha caído do tamanho 16 para o tamanho 6.

Hudson escreve um blog no site da Vigilantes do Peso e ela disse que o fato de ter criado uma rede de amigas e seguidoras na comunidade das pessoas que fazem regime lhe dá tanto prazer quanto perder peso.

(Reportagem de Bob Tourtellotte)

Tudo o que sabemos sobre:
GENTEJENNIFERHUDSONPESO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.