Jazz perde Billy Taylor

O importante jazzista Billy Taylor morreu na terça-feira em Nova York de insuficiência cardíaca, aos 89 anos. O compositor, que introduziu o gênero a um novo público como apresentador de televisão, era também professor e descobridor de talentos. A entidade cultural e artística Kennedy Center, em Washington, dirigida por Taylor desde 1994, o descreveu como "um grande homem de estado e embaixador do jazz em todo o mundo". Taylor nasceu em Greenville, na Carolina do Norte, em 1921, e se mudou para Nova York, onde tocou jazz com grandes nomes, como Miles Davis, Charlie Parker e Billie Holiday, entre outros. / REUTERS

, O Estado de S.Paulo

30 de dezembro de 2010 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.