Jackie Chan assiste a funeral do pai na Austrália

Al Gore, e o diretor de cinema Quentin Tarantino, enviaram suas condolências a Jackie Chan

EFE,

08 de março de 2008 | 02h54

O ator Jackie Chan assistiu, neste sábado, em Canberra ao funeral de seu pai, Charlie Chan, que morreu na semana passada em Hong Kong aos 96 anos, após uma longa luta contra o câncer. O pai de Jackie Chan será enterrado no cemitério de Gungahlin, em Canberra. "Amava meu pai, que fez tanto por mim quando eu era jovem. Ele foi o melhor pai que eu poderia ter", afirmou o ator ao deixar o funeral. O ex-vice-presidente americano e Nobel da Paz em 2007, Al Gore, e o diretor de cinema Quentin Tarantino, entre outros, enviaram suas condolências a Jackie Chan. Charlie Chan, que imigrou com sua família nos anos 60 para a Austrália, repousará ao lado de sua esposa, Lee Lee, que morreu em 2002.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.