Jack London, edulcorado pela Disney

Menores Desacompanhados

LUIZ CARLOS MERTEN, O Estado de S.Paulo

21 de dezembro de 2012 | 02h15

16H05 NA GLOBO

(Unaccompanied Minors). EUA, 2006. Direção de Paul Feig, com Lewis Black, Wilmer Valderrama, Tyler

James Williams, Gina Mantegna.

Nevasca deixa passageiros presos no terminal, em plena véspera de Natal. Dois irmãos que viajam desacompanhados somem das vistas dos responsáveis e a confusão está formada. Humor, um tanto de lágrimas - o diretor Feig faz o que pode para preservar o chamado espírito natalino. Reprise, colorido, 90 min.

Os Carvoeiros

22H30 NA TV BRASIL

Brasil, 1999. Direção de Nigel Noble.

Como as fotos de Sebastião Salgado, muitas vezes acusadas de cosmetizar a miséria, este documentário sobre famílias que ganham a vida produzindo carvão vegetal para multinacionais possui imagens de grande plasticidade. O diretor Noble quer criticar as desigualdades do mundo global, mas o que o espectador retém é a beleza visual. Reprise, colorido, 62 min.

Sex and the City 2

22H45 NO SBT

(Sex and the City 2). EUA, 2010.

Direção de Michael Patrick King,

com Sarah Jessica Parker, Kim Catrall, Kristin Davis, Cynthia Nixon, John Corbett, Liza Minnelli.

No segundo filme da série, as amigas vão para Abu Dhabi e infringem regras locais. Sex and the City fez história na televisão por sua abordagem do universo profissional e afetivo da mulher. No cinema, o impacto foi muito menor e nenhum dos dois filmes com Sarah Jessica Parker e suas amigas foi um estouro. Cinéfilos poderão curtir a homenagem a velhos clássicos em preto e branco. Inédito, colorido, 146 min.

Loucademia de Polícia 7

23 H NA REDE BRASIL

(Police Academy VII - Mission to

Moscow). EUA, 1994. Direção de Alan Metter, com G.V. Bailey, George Gaynes, Michael Winslow, David Graf,

Leslie Easterbrook, Claire Forlani,

Ron Pearlman.

No sétimo filme da série, os policiais formados na Loucademia aprontam todas em Moscou. Humor pastelão, repetição de piadas que já vinham se esgotando nos filmes anteriores - fim de linha. O diferencial (pequenino): Claire Forlani e sua beleza, Ron Pearlman e sua feiura. Só bem depois ele foi protagonista de Hellboy (1 e 2), com direção de Guillermo Del Toro. Reprise, preto e branco, 83 min.

A Hora do Espanto

2H20 NA REDE BRASIL

(Fright Night). EUA, 1985. Direção de Tom Holland, com Chris Sarandon, William Ragsdale, Amanda Bearse, Roddy McDowall.

Adolescente que curte cinema de terror descobre que o vizinho do lado é... vampiro. Sem saber o que fazer, ele busca socorro no apresentador de um programa de filmes fantásticos na televisão. O diretor Holland carrega no erotismo e subverte o terror à moda antiga com humor. Efeitos de primeira e grandes interpretações de Sarandon e McDowall contribuíram para a fama do filme, que teve direito a sequência. Reprise, colorido, 106 min.

Má Educação

3 H NA BAND

(Bad Education - La Mala Educacion). Espanha, 2003. Direção de Pedro

Almodóvar, com Gael García Bernal, Juan Fernández, Raul Garcia Forneiro, Alberto Ferreiro, Javier Cámara,

Nacho Perez, Fele Martinez.

Almodóvar baseou-se em experiências pessoais para fazer este filme parcialmente autobiográfico, sobre garoto que é iniciado sexualmente num colégio de padres e vira cineasta. É um de seus filmes mais polêmicos, e a maioria da crítica acha que, por tratar de assunto tão íntimo, o cineasta não teve distanciamento para abordá-lo. Mas o filme não seria de Almodóvar, se não tivesse cenas boas. Reprise, colorido, 102 min.

TV Paga

Festim da Morte

12H30 NO TELECINE CULT

(Tomahawk Trail). EUA, 1957. Direção de Lesley Selander, com Chuck Connors, John Smith, Susan Cummings, Harry Dean Stanton.

No Dicionário de Cinema, Jean Tulard lamenta que o prolífico diretor Selander tantas vezes se tenha despreocupado de seguir regras mínimas, filmando não importa como. Quando se preocupava em estabelecer uma continuidade coerente, ele fez grandes westerns - Escreveu Seu Nome a Bala e O Forte da Coragem. Este é dos médios, mas tem seu encanto para fãs do gênero. Destacamento da Cavalaria é atacado por índios, que roubam seus cavalos. Quando chegam ao forte, descobrem que houve um massacre. Agrupados em torno de um oficial incompetente, o restante do grupo busca vingança. Reprise, preto e branco, 120 min.

Caninos Brancos

15H25 NO TCM

(White Fang). EUA, 1991. Direção de Randal Kleiser, com Klaus Maria

Brandauer, Ethan Hawke, Seymour Cassel, Susan Hogan, James Remar.

Produção da Disney em que o diretor Kleiser, de A Lagoa Azul, edulcora o livro famoso de Jack London, sem conseguir reduzir sua força. O livro narra a experiência de um cão/lobo que realiza a travessia da barbárie para a civilização. O filme põe ênfase na ligação do animal com o garoto, nas gélidas paisagens do Alasca. Dá para ver, mas o romance é tão bom - uma das obras-primas da literatura universal. Mereceria um diretor capaz de expressar melhor sua rudeza. Reprise, colorido, 107 min.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.