Jack Johnson e G. Love são atrações de festival em SP

Um ainda era só Jack. Surfista nascido no Havaí e violeiro. O outro, Garrett Dutton, já respondia pelo nome de G. Love, líder da banda G. Love & Special Sauce, com cinco discos lançados com o grupo e um em trabalho solo. Em 1998, amigos em comum reuniram os dois. O papo começou sobre as melhores ondas do mundo e logo foi para a música. Sozinho, ao violão, Jack mostra uma canção recém-criada, "Rodeo Clowns". "Posso usá-la no disco que vou gravar daqui a três dias?", disse Love. "Que tal fazermos juntos?", respondeu o havaiano. A partir do lançamento daquele disco, "Philadelphonic", em agosto do ano seguinte, Jack passou a assinar Jack Johnson. E "Rodeo Clowns" foi o primeiro single do novo artista. Em 2001, o havaiano debutou com o disco "Brushfire Fairytales". Dois anos depois, apresentou o segundo, "On and On", com "Rodeo Clowns" entre as 16 faixas.

AE, Agência Estado

19 de maio de 2011 | 11h03

Treze anos após aquele encontro, Jack Johnson e G. Love desembarcam em São Paulo para se apresentarem no festival Natura Nós, que ocorre neste sábado e domingo, na Chácara do Jockey, entre outras nove atrações. Depois, os dois, juntos, percorrem outras sete capitais brasileiras: Belo Horizonte (24/5), Brasília (25/5), Fortaleza (27/5), Recife (28/5), Porto Alegre (2/6), Florianópolis (3/6), Rio de Janeiro (5/6).

"Começamos a tocar juntos em 1998 e nunca mais paramos. Eu ouvi ele e pensei: ''esse cara é muito bom''", diz um simpático G. Love, por telefone, enquanto dirige seu carro na Filadélfia, sua cidade natal. "Ao mesmo tempo, muitas coisas foram acontecendo com nós dois. Ele ficou muito famoso. Sempre arrumamos um jeito de continuar tocando". G. Love irá abrir o festival, às 16h, enquanto a sua descoberta, ou Jack Johnson, fechará o primeiro dia de shows, com entrada prevista para as 22h - a produção do Natura Nós avisa que os horários das apresentações podem sofrer alterações, sem aviso prévio.

O primeiro Natura Nós ocorreu em 2009, já na Chácara do Jockey, e trazia os brasileiros Arnaldo Antunes, Carlinhos Brown e Lenine em seu line up, fechando com Jason Mraz e Sting. Na segunda edição, o evento teve dois dias, o primeiro com ótimas atrações nacionais (Marcelo Jeneci, Cidadão Instigado, Karina Buhr, Vanessa da Mata, Céu e Móveis Coloniais de Acaju) e gringas (Snow Patrol, Jamiroquai, Air), o dia seguinte foi dedicado ao público infantil, com Pequeno Cidadão, Palavra Cantada e Adriana Partimpim.

A fórmula foi repetida neste ano. O sábado é dia das atrações mais adultas, com Laura Marling, Maria Gadú e Jamie Cullum, além de Johnson e G. Love. No domingo, o Palavra Cantada volta, com Barbatuques e Toquinho. As informações são do Jornal da Tarde.

Sábado

16h - G. Love (palco verde)

16h55 - Roberta Sá + Antonio Zambujo (palco azul)

17h50- Laura Marling (palco verde)

18h45 -Maria Gadú (palco azul)

19h50 -Jamie Cullum (palco verde)

20h55 - BID + convidados (Sizzla Kalonji, I-Wayne, Jesse Royal, Karina Buhr e Bi Ribeiro) (palco azul)

22h - Jack Johnson (palco verde)

Domingo

14h30 - Grupo Ponto de Partida e Meninos de Araçuaí

15h40 - Palavra Cantada

16h30 - Barbatuques

17h50 - Toquinho + convidados (Verônica Ferriani e Roberta Sá)

Natura Nós - Chácara do Jockey (Av. Pirajussara, s/n). Tel. (011) 4003-1527. Sáb., a partir das 15h; dom., das 14h30. R$ 180 e R$ 450 (sáb.) e R$ 60 (dom.). www.livepass.com.br

Tudo o que sabemos sobre:
músicafestivalJack JohnsonGLove

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.