Nilton Fukuda/AE
Nilton Fukuda/AE

Ivo Mesquita é o novo diretor-técnico da Pinacoteca do Estado

Historiador deixa o cargo de curador-chefe do museu para ocupar a diretoria da instituição

Camila Molina, O Estado de S.Paulo

12 de abril de 2012 | 22h42

O curador e historiador de arte, Ivo Mesquita, é o novo diretor-técnico da Pinacoteca do Estado. Ele deixa o cargo de curador-chefe do museu para ocupar a diretoria da instituição, que a partir de agora será conduzida em forma de triunvirato, tendo ainda Fernando Teixeira Mendes Filho, nomeado para cargo de relações institucionais e captação de patrocínio, e Miguel Gutierrez, responsável pela área financeira. O colegiado substitui Marcelo Mattos Araujo, que se desliga da função de diretor-executivo da instituição museológica para ser empossado, ainda este mês, Secretário de Cultura do Estado de São Paulo.

A decisão sobre a nova direção do museu ocorreu nesta quinta-feira, 12, em reunião realizada pelo conselho da Associação Pinacoteca Arte e Cultura (Apac), Organização Social responsável pela administração da instituição, órgão do Governo estadual. “Foi uma escolha unânime. A Pinacoteca pode se dar ao luxo de trocar sua diretoria sem sobressaltos”, disse o empresário Julio Landmann, vice-presidente do conselho, formado por 11 membros. No último dia 2 de abril, o advogado e museólogo Marcelo Araujo foi anunciado secretário estadual de Cultura de São Paulo em substituição a Andrea Matarazzo. Araujo dirigia a Pinacoteca desde 2002.

Ivo Mesquita era, desde 2007, coordenador da área de pesquisa em História e Crítica de Arte da Pinacoteca. Com sua ida para a diretoria, ele terá de decidir um novo curador-chefe para o museu. Em sua trajetória, foi curador da 28.ª Bienal de São Paulo, em 2008, e diretor-técnico do Museu de Arte Moderna de São Paulo de 2000 a 2002, entre outras atuações e curadorias no Brasil e no exterior. “Com o trabalho de maneira colegiada, os diretores da Pinacoteca não acumulam funções. Já era uma ideia que estávamos adiando”, disse Julio Landmann.  Miguel Gutierrez já exercia a função de diretor financeiro e foi reconduzido ao cargo. “O Conselho registra sua confiança nos três diretores para o prosseguimento das atividades do museu, com o mesmo dinamismo e qualidade que marcaram a história da instituição nos últimos anos”, afirmou Nilo Cecco, presidente do conselho administrativo da Apac em nota da entidade.

.

Tudo o que sabemos sobre:
Pinacotecaartes visuais

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.