Ivan Lessa: Jesus era gay?

Colunista comenta entrevista polêmica do cantor Elton John.

Ivan Lessa, BBC

24 Fevereiro 2010 | 05h42

Elton John, uma espécie de Caetano Veloso só que de peruca ruiva, em controvertida entrevista para revista americana Parade, nas boas bancas nesta sexta-feira, dia 26, andou tecendo, bordando e crocheteando comentários que deram o que falar, sussurrar e berrar.

Diz a uma certa altura o consagrado intérprete e compositor, que é também cavaleiro do reino, que Nosso Senhor Jesus Cristo além de misericordioso, coisa que sabíamos, "compreendia os problemas humanos", coisa que desconfiávamos. Logo em seguida, Elton salta para um tom maior, ou menor, dependendo do ponto de vista, e enfatiza que "Jesus era um gay super-inteligente", coisa que ocorreu a pouquíssimas pessoas. Mas pouquíssimas mesmo. Um porta-voz da Igreja Anglicana declarou o seguinte: "As reflexões de sir Elton sobre Jesus, que nos conclama a todos a amar e perdoar, é compartilhada por todos os cristãos."

Lendo outros trechos vazados da entrevista de sir Elton deparamo-nos com sua reflexão sobre o Oriente Médio onde, segundo ele, uma mulher gay já pode ser considerada praticamente morta. Sobre orientais médios gays nada teve a dizer, ao que parece. Refletiu ainda o entrevistado que a "fama atrai lunáticos", citando os exemplos da princesa Diana, Gianni Versace, Michael Jackson e John Lennon. Observando em seguida, sagaz que é, estarem todos os mortos e que "dois foram mortos a tiros perto de suas residências. Nada disso teria acontecido se não fossem famosos. Eu nunca tive guarda-costas, nunca, até que Gianni morreu."

Portanto, lunáticos do mundo inteiro, nada de ideias de jerico. Agora o buraco é mais embaixo. Sir Elton John tem guarda-costas.

Por falar em ideia de jerico, leio nas folhas também que as leis britânicas que salvaguardam os direitos humanos e de igualitários estão pensando em tornar ilegal aos colégios deste país forçarem as meninas e mocinhas a usarem saias. Por que? Porque o uso forçado de saias discrimina contra transexuais. Parece-me justo. Estou certo que o uso obrigatório de saias atenta contra a liberdade não só de estudantes, de todos os sexos, como de adultos também. Estou certo que Diana, a princesa de Gales, Gianni Versace, Michael Jackson, John Lennon e sir Elton John (seu guarda-costas inclusive) concordariam comigo.

Em tempo: calcula-se que há na Grã-Bretanha, no momento, cerca de 5 mil transexuais adultos. Desconhece-se quantos ainda se encontram em estado de gestação ou mera formação. Não há nenhum dado sobre o número de lunáticos.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Mais conteúdo sobre:
ivan lessacoluna

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.