Itáu Cultural promove atividades com grupos teatrais

Começa nesta quinta-feira a 4.ª edição do Próximo Ato, Encontro Internacional de Teatro Contemporâneo, um importante evento voltado para a reflexão sobre a atividade teatral reunindo intelectuais e artistas, nacionais e internacionais, de peso - e que deve envolver, como participantes, atores e diretores de vários Estados brasileiros em cursos, workshops e palestras - com entrada grátis no Itaú Cultural.Para esta edição, os organizadores convidaram para o conselho curador Antônio Araújo, diretor do Teatro de Vertigem; José Fernando Peixoto, da Cia. dos Narradores; e a atriz e professora Maria Tendlau. O tema escolhido foi o teatro de grupo, mais especificamente a discussão sobre a inserção dos coletivos teatrais na sociedade sob o ponto de vista ideológico, artístico, político e da sustentabilidade econômica."Quando fomos convidados, nossa proposta foi que o Próximo Ato não fosse apenas um evento, mas uma discussão com continuidade", diz Antônio Araújo. Proposta aceita, os encontros começaram em maio, entre artistas brasileiros ligados a coletivos teatrais. Textos tirados desses encontros preparatórios, assim como artigos encomendados a acadêmicos, artistas, críticos e jornalistas sobre o teatro de grupo em diferentes períodos históricos do teatro brasileiro já estão disponíveis no site do Itaú Cultural. E a programação vai se estender até dezembro, com a palestra, no dia 7, do suíço Stefan Kaegi, conhecido na Europa por suas intervenções em espaços públicos. "Ele iria participar agora, mas não pôde por problemas de agenda."O grande encontro internacional se concentra mesmo, como nas demais edições, em alguns dias de novembro. Desta quinta até domingo, das 10 horas até as 22h30, algumas salas do Itaú vão ser tomadas pelas atividades como oficinas, mesas-redondas e cursos. Os participantes podem escolher fazer um workshop, desta quinta a domingo, das 10 às 13 horas com o ator e diretor basco Ander Lipus, fundador do Fábrica de Teatro Imaginário, em Bilbao, como laboratório de investigação teatral ou ainda, nos mesmos dias e horário, optar pelo encontro com David Jubb, do Reino Unido.Antônio Araújo destaca ainda a presença do francês Bruno Tackels, que também atuou na Itália. "Ele enviou uma síntese das questões que levantaria em seu curso e nas palestras. Gostei muito do que li porque ele aponta, sobretudo, as contradições e problemas dos coletivos teatrais, acho que será muito produtiva sua participação nesse encontro", aposta Antônio Araújo. Bruno Tackels dá minicursos no evento na sexta-feira, no sábado e no domingo, das 15 às 18 horas.A cada fim de dia, sempre a partir das 19h30, os diretores fazem um encontro aberto ao público mais amplo (confira ao lado) para debater as reflexões levantadas nos cursos. "O espanhol Mateo Feijó é outra participação bacana, porque ele conhece profundamente o panorama de teatros de grupo em seu país", diz o diretor do Vertigem sobre o artista que vai participar do debate no sábado junto com José Antonio Pasta Jr. "Achamos importante convidar um intelectual das Letras, que vai contribuir com uma outra visão." No domingo, a partir das 19h30, será feito um balanço das discussões seguido de um debate aberto a todos os participantes, com participação de Tackels e mediação de Rosyane Trota. Todas as atividades são grátis e há ainda vagas para todos os workshops.O Próximo Ato é um evento realizado em cooperação entre Itaú Cultural, British Council, Consulado Geral da França, Instituto Goethe, Agência Espanhola de Cooperação Internacional e Embaixada da Espanha. A primeira edição foi realizada em 2003 e tinha como tema o papel do teatro como lugar de questionamento nas esferas estética e política. A segunda, em 2004, refletiu sobre a produção artística e seu vínculo com a atualidade histórica. A terceira, ano passado, focou a produção de encenadores e dramaturgos que se dedicavam a levar aos palcos textos clássicos.Vale ressaltar que no início de dezembro vai se realizar, em Campinas, o 3.º Encontro Nacional da Redemoinho - rede que interliga grupos teatrais brasileiros de todas as regiões do País. Os dois primeiros foram realizados em Belo Horizonte, na sede do Grupo Galpão. O próximo encontro será na sede do Barracão Teatro, em Barão Geraldo, bairro que concentra diversos coletivos teatrais. ´Tenho certeza de que as discussões do Próximo Ato podem ser muito produtivas para fertilizar a reflexão do encontro da Redemoinho´, afirma Antônio Araújo. Itaú Cultural. Av. Paulista, 149. Encontros, cursos e workshops, de hoje a domingo, 10 h às 19h30; debates, de hoje a sábado, 19h30 às 22h30. Grátis - retirar senha meia hora antes. Mais informações pelo tel. 2168-1700 ou pelo site www.itaucultural.org.br.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.